Renan Barão e Thiago Pitbull finalizam no UFC 138

O UFC 138 desembarcou em Birmingham, na Inglaterra, neste sábado (5),  com diversos atletas locais no programa de lutas, mas quem fez a festa no octógono montado na Arena LG foram os brasileiros Thiago Pitbull e Renan Barão. Pitbull espantou a má fase e após aplicar um knockdown em Papy Abedi finalizou o congolês naturalizado sueco com um mata-leão. Já Renan fez uma luta dura diante de Brad Pickett, mas seguiu os caminhos de seu compatriota e após um knockdown também finalizou a peleja com um estrangulamento.

Na luta principal da noite, Mark Munoz e Chris Leben fizeram um duelo bastante movimentando. Mas no final do segundo round, Leben não conseguiu voltar para o terceiro round e foi decretado o nocaute técnico.

Em grande luta, Renan Barão finaliza Pickett
Em um combate bastante esperado pelo público presente na LG Arena, em Birmingham, Renan Barão e Brad Pickett fizeram uma luta eletrizante. Os lutadores começaram a peleja em uma troca franca de golpes, com o brasileiro acertando os socos mais potentes.

Mas atendendo as orientações de seu técnico, Dedé Pederneiras, Barão foi mais cauteloso e esperava a iniciativa do atleta inglês para contra-atacar. Em uma das investidas de Pickett, Barão conectou uma bela joelhada e levou o adversário a knockdown. Em uma linda transição, Renan chegou as costas do inglês, encaixou o mata-leão e finalizou a disputa.

Thiago Pitbull atropela Papy Abedi
Se na sexta-feira Thiago Pitbull teve dificuldades para alcançar o limite de 77kg. da categoria de meio-médios, o brasileiro não encontrou problemas no octógono neste sábado. Diante do invicto Papy Abedi, o atleta tupiniquim começou a luta na troca franca de golpes e acertou um belo cruzado no congolês, que foi a knockdown. Sem perder tempo, Thiago montou e começou um duro castigo no adversário que sangrava muito.  Para se defender dos potentes socos, Papy deu as costas e foi finalizado com um mata-leão e conheceu sua primeira derrota no MMA.

Após o triunfo, Pitbull se levantou e com gestos mostrou que não se esforçou para bater o oponente.

Perosh se recupera e finaliza Diabate
Considerado um dos melhores trocadores da divisão de meio-pesados, o francês Cyrille Diabate começou com tudo diante de um assutado Anthony Perosh. Com bons socos conectados, Diabate, que preferiu não entrar no raio de ação para não ser derrubado, controlou bem a peleja. Mas no segundo assalto, Perosh veio disposto e levar o duelo para o chão e  foi logo derrubando o francês. No chão, o lutador australiano passeou. Anthony passou a guarda, montou e trabalhou alguns socos por cima. Na tentativa de se defender dos socos, Cyrille ofereceu as costas e acabou pego em um justo mata-leão.

Terry Etim finaliza rápido
Na primeira luta do card principal, Terry Etim fez a festa do público inglês. Logo no início da luta, o atleta britânico partiu pra cima de Edward Faaloloto na troca de golpes. O lutador havaiano tentou a queda, mas acabou pego em uma justa guilhotina logo no início da luta e foi finalizado em menos de 30 segundos de peleja

Confira abaixo os resultados completos do UFC 138

Card Principal

Mark Muñoz derrotou Chris Leben por nocaute técnico no R3;

Renan Barão finalizou Brad Pickett com um mata-leão no R1;

Thiago Alves finalizou Papy Abedi com um mata-leão no R1;

Terry Etim finalizou Edward Faaloloto com uma guilhotina no R1;

Anthony Perosh finalizou Cyrille Diabate com um mata-leão no R2;

Card Preliminar

John Maguire derrotou Justin Edwards na decisão unânime dos juízes;

Michihiro Omigawa na Jason Young na decisão unânime dos juízes;

Phil De Fries derrotou Rob Broughton na decisão unânime dos juízes;

Che Mills derrotou Chris Cope por nocaute técnico no R1;

Chris Cariaso derrotou Vaughan Lee na decisão dividida dos juízes


Notícias relacionadas

Deixe seu comentário