Cigano nocauteia Velasquez e conquista cinturão do UFC

Júnior Cigano do Brasil!” Este foi o esperado grito de Galvão Bueno na primeira transmissão do UFC na Rede Globo. O lutador brasileiro, que entrou como azarão na disputa, não tomou conhecimento de Cain Velasquez e nocauteou o campeão com pouco mais de um minuto de luta. Com o triunfo, Cigano conquista o cinturão dos pesos pesados do UFC e se torna o terceiro brasileiro campeão na maior organização de MMA do mundo.

A luta
A expectativa e a promoção da luta foram enormes, mas o combate durou pouco mais de um minuto. Júnior Cigano iniciou a luta cauteloso, esperando Velasquez para jogar contra-ataque. Por sua vez, Cain surpreendeu e trabalhou com boas combinações de boxe, chutes baixos e arriscando algumas quedas. Porém, Cigano terminou a peleja de maneira sensacional.  Depois de defender uma tentativa de queda, o brasileiro aplicou um potente swing de direita, que levou Velasquez ao chão. Sem perder, tempo, Júnior partiu para a sequência de golpes no solo até o árbitro “Big” John McCartney interromper o combate e decretar o nocaute técnico.

Após a vitória, Cigano, bastante emocionado, não conseguiu expressar sua felicidade, mas revelou ter sentido “medo” antes do confronto

“Eu não tenho palavras para falar o que passa em mim agora. É incrível”, disse Cigano. “Eu não estava 100%, então estava com medo do que estava por vir”, admitiu.

Ben Henderson vence Clay Guida em luta eletrizante
Antes do aguardado duelo entre Júnior Cigano e Cain Velasquez, outro combate levantou o público presente da arena montada em Anaheim, na Califórnia. Os pesos leves Ben Henderson e Clay Guida fizeram um duelo alucinante, que pode ser considerado um dos melhores do ano de 2011.

Henderson começou a luta melhor, medindo a distância e soltando boas combinações de boxe. Na metade no primeiro round, uma troca alucinante de socos, dos dois oponentes, levaram o público ao delírio. Neste momento, Ben levou vantagem e Guida chegou a dobrar o joelho. Porém, o “Homem das Cavernas”, como é conhecido, se recuperou, e em nova troca de golpes derrubou Henderson.

O ritmo frenético continuou no segundo round. Com Guida conseguindo uma queda e conectando uma bela joelhada voadora. Já no último e decisivo round, a peleja continuou equilibrada e com ótimas variações nas luta de solo. Mas no final dos 15 minutos, os árbitros laterais viram a vitória de Ben Henderson na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27).

Com o triunfo, Henderson deverá ser o próximo desafiante ao cinturão dos pesos leves do UFC, atualmente em posso de Frankie Edgar.

Confira abaixo os resultados completos do UFC on Fox:

Júnior Cigano derrotou Cain Velasquez por nocaute no R1;

Ben Henderson derrotou Clay Guida na decisão unânime dos juízes;

Dustin Poirier finalizou Pablo Garza com um estrangulamento no R2;

Ricardo Lamas finalizou Cub Swanson com um triângulo de mão no R2;

DaMarques Johnson derrotou Clay harvison por nocaute no R1;

Darren Uyenoyama derrotou Norifumi “Kid” Yamamoto na decisão unânime dos juízes;

Robert Peralta derrotou Mackens Semerzier por nocaute técnico no R1;

Alex Caceres derrotou Cole Escovedo na decisão unânime dos juízes;

Mike Pierce derrotou Paul Bradley na decisão dividida dos juízes;

Aaron Rosa derrotou Matt Lucas na decisão majoritária dos juízes;

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário