Ronny Markes espera por luta no UFC Japão

Recuperado de uma pequena lesão no joelho, que o afastou dos treinos por alguns dias, o lutador de MMA, Ronny Markes, não vê à hora de voltar ao octógono do UFC. E, para isso, o potiguar coloca como oportunidade ideal o evento que será realizado no Japão, em fevereiro do próximo ano.

Essa seria a segunda luta de Ronny Markes no UFC. Na primeira, ocorrida em agosto deste ano, ele enfrentou e venceu o tcheco Carlos Vemola, nos Estados Unidos. Com apenas 23 anos, o potiguar acredita que a segunda participação será fundamental para conseguir se firmar no maior evento de MMA do mundo. “Sei que será uma batalha importante e, por isso, tenho que estar bem preparado, 100% fisicamente”, afirma Markes.

Para estar 100% fisicamente, o potiguar foca nos treinos físicos e técnicos realizados na Kimura Nova União, em Natal. “Estou voltando bem, sem sentir dor e seguindo a orientação médica para não sofrer uma nova lesão”, garante. Por sinal, a lesão que Ronny Markes sofreu foi nos treinos, quando um companheiro caiu em cima da perna esquerda dele, machucando tornozelo e o menisco. “Foi um acidente de trabalho”, brinca.

Sobre a volta, Ronny Markes gostaria que fosse no Japão pelo fato do país ter sido o palco da apresentação de grandes ídolos do MMA nacional. “É um sonho meu desde criança lutar nesse país. Lembro que assistia os brasileiros brilhando lá, como o Paulão, o Minotauro, o Arona e o Wanderlei Silva, e todos esses foram inspirações minhas naquela época”.

A confirmação da participação de Ronny Markes no UFC Japão e contra que adversário irá lutar, deve acontecer ainda neste mês. Essa, inclusive, será a primeira luta do potiguar na categoria médio (até 84 quilos), a mesma de Anderson Silva. Isso, visto que a estreia de Markes foi na de cima, a meio-pesado. “Vi que era melhor baixar de categoria, porque os lutadores teriam a estatura mais próxima da minha”, explica.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário