Vic Darchinyan é mais um campeão de boxe que pensa em migrar para o MMA

Armênio diz que está negociando com equipes americanas e quer lutar no UFC


Primeiro foi Ricardo Mayorga, que teve seus planos de lutar MMA frustrados pelo empresário Don King em 2010. Depois foi James Toney, derrotado no mesmo ano por Randy Couture no UFC 118. Agora mais um ex-campeão mundial de boxe fala em migrar para o esporte que mais cresce no mundo.

O armênio radicado na Austrália Vic Darchinyan, quatro vezes campeão mundial pelas entidades mais importantes do boxe, em duas categorias diferentes, quer seguir os passos de Toney. Em entrevista ao jornal australiano The Daily Telegraph, o atual campeão mundial dos galos da Organização Internacional de Boxe confirmou os rumores:

“Isto poderia sinceramente acontecer dentro de um ano, quem sabe? Eu já tenho uma base forte de wrestling e estou confiante que poderia fazer a transição.”

Darchinyan, 35 anos e 41 lutas como boxeador profissional, confirmou também que ele e seus empresários estão negociando com algumas equipes americanas de MMA, inclusive a Lion’s Den, do integrante do Hall da Fama do UFC Ken Shamrock.

Até lá o armênio tem trabalho a fazer no boxe. Ele enfrenta neste sábado o panamenho Anselmo Moreno, campeão mundial dos galos pela Associação Mundial de Boxe, uma das três entidades mais importantes do boxe mundial.

Foto: Carlos Baeza/Thompson Boxing

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário