Rudimar consegue liminar e proíbe comercialização do livro de Anderson SIlva

A polêmica e reveladora biografia de Anderson Silva está fora de circulação. Uma liminar concedida pela juíza Sibele Lustosa, da 14.ª Vara Cível do Foro Central de Curitiba, proibiu a comercialização da publicação escrita pelo jornalista Eduardo Ohata.

CELULARReceba as notícias e fotos do UFC em seu telefone

O pedido junto a justiça foi feito por Rudimar Fedrigo, líder da Chute Boxe, academia onde Anderson começou sua carreira no MMA. No livro, Anderson cita Rudimar como uma pessoa “do mal”, questiona a faixa preta de Muay Thai do professor, além de dizer que o dono da Chute Boxe o prejudicou em vários momentos da carreira.

Com várias declarações, o “Mestrão”, como é conhecido Fedrigo, conseguiu a decisão favorável e ainda cobra indenização por danos morais contra o campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário