Rodrigo Damm reclama dos juízes e diz que dirigente o considerou vencedor no UFC 154

Damm (esq.) acerta golpe em Pato Carvalho (dir.). Foto: Josh Hedges

O brasileiro Rodrigo Damm fez uma luta dura diante do canadense Antonio “Pato” Carvalho no UFC 154, evento realizado no último sábado (17), em Montreal. Mas após três assaltos bastante disputados, Damm foi derrotado na decisão dividida dos juízes. Porém, o resultado gerou bastante revolta por parte do atleta capixaba, que acredita que venceu o duelo. Além disso, ele conta com apoio de dirigentes da própria organização. Ao sair do octógono, Rodrigo afirmou que Joe Silva, responsável por marcar as lutas do Ultimate, não concordou com o resultado marcado pelos juízes laterais.

“Estou tranquilo de que estava bem no combate. O Pato é um cara duro e pude mostrar minha evolução na trocação. Só estou chateado pelo resultado, mas agora é continuar trabalhando forte para voltar melhor ainda. Quando deixei o octógono, o Joe Silva falou que eu tinha vencido. E falou para eu continuar trabalhando. É o que eu vou fazer”, disse Damm, que promete não abaixar a cabeça e voltar ainda melhor para sua próxima luta.

“Muitas pessoas vieram falar comigo, conversar para não ficar chateado, pois acharam que fui melhor e que eu venci. Quero aproveitar para agradecer o apoio de todo mundo, da minha equipe, da minha família, dos capixabas que torceram por mim, enfim, e ao Anderson, que subiu ao octógono comigo e me ajudou bastante. Eu vou voltar mais forte ainda”, garantiu Damm.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário