St. Pierre: “Luto contra Anderson quando eu achar que é a hora e não quando ele quiser”

St. Pierre (dir.) esfria rumor sobre super luta contra A. Silva (esq.). Foto: Josh Hedges

A badalada super luta entre Georges St. Pierre, dono do cinturão dos meio-médios do UFC, e Anderson Silva, campeão dos médios, ainda não tem data marcada, mas o duelo ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (26).

GSP, em entrevista à radio canadense “Tout Le Monde en Parle“, revelou que o duelo não deve acontecer em breve como almeja o UFC e o atleta brasileiro. Para St. Pierre, vencer o duelo contra Spider seria o ápice de sua carreira, mas segundo ele ficaria sem desafios futuros.

“Essa luta é a cereja do bolo. Ele quer lutar comigo para poder se aposentar. Eu gostaria de lutar com ele também, mas após lutarmos e eu vencê-lo, o que vem depois? Hoje em dia há muito dinheiro em jogo, mas eu não luto por dinheiro. Minha motivação é ser o melhor”, disse o campeão, que não esconde o desejo em ser o maior atleta da MMA de todos os tempos.

“Como eu já disse uma vez, quero ser o Wayne Gretzky do meu esporte (considerado o melhor jogador de hóquei no gelo da história). Depois que eu lutar com ele, o que poderá ser maior? Estará acabado. Então, sim, eu quero essa luta, mas que ela aconteça quando eu achar que é a hora, e não quando Anderson quiser que ela aconteça”, disparou St. Pierre.

“Olhando de uma forma geral, Anderson pesa 106kg fora de treinamento, e eu peso 85kg. É uma diferença grande de peso. Já lutei contra caras maiores – e não tenho medo dele. O problema é que eu quero fazer essa luta quando ela fizer sentido para mim. Acabo de voltar de uma lesão, há a questão financeira, e há também algumas lutas a fazer na minha categoria de peso”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments