‘Os médicos não deixariam Jones voltar’, diz Dana White sobre fratura no dedo do campeão

Presidente do UFC diz que Chael Sonnen seria o campeão caso ele não fosse nocauteado no primeiro round

Dana White (foto) quer realizar um evento no México ainda em 2013. Foto: Reprodução/Youtube

Jon Jones não tomou conhecimento de Chael Sonnen e nocauteou o rival de forma impetuosa na luta principal do UFC 159, evento realizado neste sábado (27), em Newark, nos Estados Unidos. Porém, apesar da vitória sem grandes dificuldades, o campeão esteve perto de perder o cinturão da divisão de meio-pesados. Durante uma sessão de golpes em Sonnen, o dedo do pé de Jones ficou preso no octógono e ele acabou fraturamento o membro.

“Eu senti que tinha quebrado, mas não iria parar a luta. Penso que minha equipe também me deixaria continuar”, afirmou Jon, na entrevista coletiva após o show. Apesar do campeão garantir que continuaria na disputa, o presidente do UFC, Dana White, afirmou que ele seria impedido de retornar ao combate caso o round terminasse e o árbitro percebesse a lesão.

“Os médicos não deixariam Jones voltar. Se o round acaba Jones perderia a luta por nocaute técnico””, afirmou o dirigente. Como a vitória de Jones foi decretada aos 4:33 de luta, caso Chael Sonnen suportasse mais 27 segundos de disputa, ele, provavelmente, seria o novo campeão da categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Corey
Corey
7 anos atrás

Esse Sonnen nasceu para sofrer kkkkkkk

Marco Segundo
Marco Segundo
7 anos atrás

Gosto do Sonnen…apanhando e sempre batendo na trave!!!

FaeL
FaeL
7 anos atrás

é seria a cagada do ano…