Jones pede luta contra Gustafsson e justifica: ‘Já lutei contra Lyoto Machida’

Campeão volta a demonstrar sua preferência por uma luta contra o sueco, em detrimento ao brasileiro

Jon Jones (foto) prefere Gustafsson a Lyoto Machida como oponente. Foto: Josh Heges/UFC

Jon Jones (foto) prefere Gustafsson a Lyoto Machida como oponente. Foto: Josh Heges/UFC

Pela segunda vez em menos de uma semana, o detentor do título dos meio-pesados Jon Jones demonstrou que suas pretensões na categoria são diferentes daquelas indicadas pela organização do Ultimate. Na coletiva de imprensa do UFC 159, em que Jones defendeu seu cinturão contra Chael Sonnen, o campeão revelou que gostaria de enfrentar o sueco Alexander Gustafsson e não o brasileiro Lyoto Machida, tido hoje como o desafiante número um da divisão.

“Eu acho que Gustafsson é uma boa luta pra mim. Tão logo quanto seja possível, não quero esperar. Ele é com quem quero lutar na sequência”, disse Jones. “Bones” ainda justificou sua preferência pelo combate com o sueco, e não contra Lyoto Machida como era esperado. “Eu já lutei contra Lyoto Machida antes. Eu luto pelo amor ao esporte, e para provar que os críticos estão enganados. Muitas pessoas acho que eu tenho sido bem sucedido porque pareço maior que os meus oponentes, e com Alexander (Gustafsson) isso não aconteceria”, finalizou.

No último sábado (27), Jon Jones venceu Chael Sonnen por nocaute técnico no primeiro round da luta principal do UFC 159. Com a vitória, Jones defendeu o título dos meio-pesados pela quinta vez consecutiva e igualou o recorde da categoria – pertencente ao membro do Hall da Fama Tito Ortiz.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando Freitas
Fernando Freitas
7 anos atrás

Lyoto quer Jon Jones, Jon Jones quer Gustafsson e Gustafsson quer Lyoto… Vai entender…

Douglas
Douglas
7 anos atrás

É a primeira vez que vejo um campeão pedir adversário e recusar outro. Estranho!

Paulo
Paulo
7 anos atrás
Reply to  Douglas

Lyoto quase acaba com a invencibilidade de jon, senti que esta com medo de perder, e fica escolhendo super luta, “que malandro!”