Antes do UFC 167, St. Pierre chama Johny Hendricks para antidoping voluntário

Canadense também fez um apelo público para que demais atletas também passem por testes regularmente

GSP (foto) defende o título dos meio-médios pela nona vez no UFC 167. Foto: Josh Hedges/UFC

GSP (foto) defende o título dos meio-médios pela nona vez no UFC 167. Foto: Josh Hedges/UFC

Em declaração pública, o campeão dos meio-médios Georges St. Pierre usou a si próprio e ao desafiante Johny Hendricks para mandar um recado sobre lisura no esporte. Ao site canadense “SportsNet”, GSP convidou Hendricks para realizar um o teste antidrogas da VADA (Associação Voluntária Antidoping).

“Hoje em dia, tem muito dinheiro envolvido, há diversas maneiras para se trapacear e eu acredito no teste da VADA. Por isso, eu chamo meu oponente para fazer o exame para a luta do título”, disse St. Pierre.

O campeão também comentou as constantes acusações de uso de substâncias ilegais que recebe e fez um apelo aos lutadores. “Eu sou acusado sempre e, por isso, eu convido, se possível, todos os atletas de alto nível do UFC a fazer o mesmo. Eu acho que isso seria bom para fazer um esporte melhor. Eu estou pronto para fazer isso e ser um bom exemplo”, concluiu.

No dia 16 de novembro, Georges St. Pierre põe o título dos meio-médios em jogo contra Johny Hendricks, no UFC 167. A noite de lutas está prevista para acontecer na cidade de Las Vegas (EUA). Esta vai ser a nona defesa de cinturão do canadense.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments