Henry Cejudo ‘faz coro’ para encarar Alexander Volkanovski após lesão agravada de Max Holloway

‘Triplo C’ diz que está à espera de uma ligação de Dana White para voltar ao MMA contra o australiano no UFC 272

H. Cejudo (esq.) pode voltar ao MMA em luta contra A. Volkanovski (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Aposentado desde julho de 2020, Henry Cejudo segue atento às movimentações do MMA e, agora, deu um novo passo. Com a saída de Max Holloway da trilogia contra Alexander Volkanovski por uma lesão agravada, o ‘Triplo C’ decidiu se antecipar e pediu para disputar o título dos penas (até 65,7kg.) diante do australiano no UFC 272, previsto para acontecer em 5 de março.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Triplo C’ para o resgate. Dana White, você tem meu número #C4”, escreveu Cejudo em seu ‘Twitter’ oficial, sugerindo seu possível quarto ‘ouro’.

Disposto a fazer história e se tornar o primeiro lutador da organização a somar três títulos em seu histórico, Cejudo não sobe no octógono desde o triunfo sobre Dominick Cruz, em 2020. Depois de bater o ícone dos galos, o atleta, ainda no octógono, anunciou sua aposentadoria. Em sua carreira nas artes marciais mistas, são 16 triunfos e dois reveses.

PUBLICIDADE:

Tido, por muitos, como um dos maiores nomes da história dos penas (até 65,7kg.), Alexander Volkanovski tem construído seu nome no Ultimate. Campeão desde dezembro de 2019 o australiano conta com um cartel de 23 resultados positivos e apenas um negativo, tendo vencido nomes como José Aldo, Chad Mendes, Max Holloway (2x) e Brian Ortega.

Confira a publicação de Henry Cejudo

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano