Ignorado por Volkanovski, Cejudo se irrita com campeão após ‘Zumbi Coreano’ se tornar desafiante

Após campanha frustrada para enfrentar australiano por título dos penas, norte-americano não poupa Alexander

H. Cejudo anunciou a aposentadoria do MMA em maio de 2020. Foto: Reprodução/Instagram

A notícia que Jung Chan Sung, o ‘Zumbi Coreano’, ganhou a corrida e deverá ser o desafiante de Alexander Volkanovski no UFC 273 mexeu com o brio de Henry Cejudo. Depois de fazer campanha para substituir o lesionado Max Holloway na disputa de cinturão dos penas (até 65,7kg.), o norte-americano não gostou nada da decisão do australiano. Irritado, o ‘Triplo C’ usou as redes sociais para criticar a escolha.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Alexander Volkanovski, parece que você escolheu enfrentar o Zumbi e não o cara que te transforaria em um”, escreveu Cejudo, em sua conta no Twitter.

Aposentado desde maio de 2020, quando superou Dominick Cruz em sua defesa de título nos galos (até 61,2kg.), Henry tem manifestado o interesse de retornar à ativa. O atleta, no entanto, está disposto a fazer história e almeja um confronto pelo cinturão dos penas.

PUBLICIDADE:

A ambição de Cejudo está ligada ao seu legado no MMA. Com dois cinturões em categorias distintas na organização, o norte-americano busca o terceiro título na empresa, algo inédito em mais de 20 anos de companhia.

Com novo adversário para o UFC 273, que acontece em 9 de abril, Volkanovski se encaminha para sua terceira defesa de cinturão. Além de tentar manter o trono, o australiano quer ampliar a grande fase. Atualmente, o combatente soma 20 vitórias consecutivas, 10 delas pelo Ultimate.

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano