Com luta dura no UFC Vegas 46, Bontorin esbanja confiança e projeta disputa de cinturão

Destaque brasileiro no evento deste sábado, rival de Brandon Royval estipula tempo para realização de sonho

R. Bontorin é promessa brasileira no peso mosca do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Promessa no peso mosca (até 56,7kg.) do Ultimate, Rogério Bontorin é uma das estrelas brasileiras no evento que abre a temporada 2022 da organização. Adversário de Brandon Royval neste sábado (15), pelo UFC Las Vegas 46, o paranaense vê com bons olhos o embate contra o número cinco no ranking e projeta disputa de cinturão. Em entrevista ao ‘Combate’, o tupiniquim falou sobre o assunto.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Se Deus quiser, vamos conseguir fazer essa escalada (…). Talvez (faça) mais duas ou só mais uma luta (para chegar à condição de desafiante). Depende da luta. Vou tentar fazer de tudo para conseguir (…). Esse ano, quero fazer quantas lutas conseguir, quantas lutas o evento mandar. Vim de cirurgia do ano retrasado, fiquei bastante parado. Ano passado, aconteceu esse lance da USADA (atleta testou positivo para um diurético proibido) e depois fiquei parado de volta, e agora quero conseguir tirar o atraso”, afirmou.

Neste fim de semana, Bontorin retorna ao octógono disposto a confirmar o bom momento na organização. Caso supere Royval, além de chegar ao top 5, o brasileiro chegará a dois resultados positivos em sequências.

PUBLICIDADE:

Número cinco no ranking liderado por Brandon Moreno, Brandon também precisa do resultado positivo. Mesmo em posição de destaque no grupo, o combatente soma dois tropeços seguidos, um deles para o atual campeão.

Além de Rogério, o Brasil contará com mais dois representantes. Jennifer Maia e Joanderson Tubarão enfrentam Katlyn Chookagian e Bill Algeo, respectivamente, no card principal.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano