Com lesão na mão, Raphael Assunção não luta no UFC em BH

Brasileiro enfrentaria T.J. Dillashaw; combate deve ser adiado para o UFC 166

Retorno de R.Assunção (foto) ao octógono deve ser adiado. Foto: Josh Hedges/UFC

Retorno de R.Assunção (foto) ao octógono deve ser adiado. Foto: Josh Hedges/UFC

O combate entre Raphael Assunção e T.J. Dillashaw, que estava programado para o UFC no Combate 3, não vai mais acontecer no evento do dia 4 de setembro. Segundo informações do site “Combate.com”, Raphael sofreu uma lesão na mão e não vai ter condições de enfrentar o norte-americano em Belo Horizonte (MG).

A principal possibilidade é que o confronto seja deslocado em um mês, para uma edição de outubro do Ultimate. A primeira opção é o UFC 166, em Houston (EUA), que tem a disputa do cinturão dos pesados entre Junior Cigano e Cain Velasquez como luta principal. A segunda hipótese é que o combate faça parte do card de outro evento no Brasil, no dia 9 de outubro, ainda sem sede definida.

O peso galo Raphael Assunção, de 31 anos, possui um cartel de 20 vitórias e apenas quatro derrotas. O pernambucano é o sexto colocado no ranking da divisão até 61 kg do UFC. Em sua última luta, Raphael, que vem de quatro triunfos consecutivos, venceu o britânico Vaughan Lee no TUF Brasil 2 Finale, no dia 8 de junho, em Fortaleza (CE).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments