Mesmo após polêmica, Dana White decide pagar bônus de vitória para Trujillo

Dirigente considerou joelhadas do norte-americano sobre Roger Bowling legais

Dana White voltou a divergir da marcação dos juízes no UFC. Foto: YouTube/Reprodução

Dana White voltou a divergir da marcação dos juízes no UFC. Foto: YouTube/Reprodução

O UFC Fight Night 27 começou com uma grande polêmica. Considerando que as joelhadas aplicadas por Abel Trujillo em Roger Bowlling foram ilegais, o árbitro Rob Hinds interrompeu o combate e, diante da impossibilidade de Bowling continuar a lutar, declarou a luta sem resultado. Dana White, que já havia demonstrado discordar do resultado, confirmou, na coletiva de imprensa após o evento, que pagou o bônus de vitória para Trujillo.

“Abel Trujillo ganhou aquela luta. Os golpes foram legais. O segundo pegou no ombro, na minha opinião. Vou pagar a ele o bônus de vitória”, disse o dirigente. Anteriormente, pouco depois do fim do confronto, White já tinha se pronunciado por meio de seu perfil oficial no Twitter, divergindo da marcação de luta sem resultado. “Essas duas joelhadas foram legais!!! Trujillo deveria ter vencido”, escreveu.

Com o “no contest” diante de Roger Bowling, Abel Trujillo agora tem um retrospecto de uma vitória, uma derrota e um combate sem resultado no UFC. Em sua carreira, o norte-americano tem um cartel de dez vitórias, cinco derrotas – além do resultado desta quarta-feira (28).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments