AO VIVO

Poatan massacra no UFC 276 e chega em Adesanya. SUPER LUTAS debate

Prestes a enfrentar Ferguson, Michael Chandler se considera ‘adversário perfeito’ para retorno de Conor McGregor

Com luta marcada contra Ferguson no UFC 274, em maio, o ex-campeão do Bellator deseja enfrentar o irlandês em julho ou agosto

M. Chandler é ex-campeão do Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

A lista para receber Conor McGregor em seu retorno ao octógono, previsto para o meio do ano, não para de crescer. Mesmo com luta marcada contra Tony Ferguson, no UFC 274, Michael Chandler foi mais um a expressar seu desejo de enfrentar o irlandês.

PUBLICIDADE:

Em entrevista ao site norte-americano “MMAFighting”, o ex-campeão do Bellator afirmou que vê uma possível luta contra Conor McGregor como a maior plataforma possível para atrair a atenção dos fãs de MMA do mundo inteiro.

“Eu quero a luta com Conor apenas pela magnitude do momento. Pisar no octógono e fazer algo realmente monumental, enfrentando ele em frente a todos os olhares das artes marciais mistas. Olhares do mundo inteiro. Você não vai ter uma plataforma maior do que enfrentar Conor McGregor. É por isso que eu amaria que acontecesse, se eu não recebesse a disputa de cinturão, é claro”, disse Chandler.

PUBLICIDADE:

Com compromisso marcado contra Tony Ferguson no dia 7 de maio, Michael Chandler acredita que estaria disponível para enfrentar Conor McGregor dois ou três meses após sua próxima luta.

“Julho ou agosto estaria ótimo para mim. Eu vou lá, bato em Tony (Ferguson) em maio, tenho algum tempo para me recuperar e retorno para uma luta em julho ou agosto. O tempo encaixa perfeitamente”, afirmou o norte-americano.

Por fim, Chandler “vendeu seu peixe”, explicando por que se considera o adversário ideal para receber McGregor em seu retorno à competição.

PUBLICIDADE:

“Eu acho que sou um ótimo cara para Conor. Se ele voltar e não tiver a disputa de cinturão, ele vai ter que passar por alguém para chegar à disputa. Acho que sou o cara perfeito para isso, estou no top 5. Se ele voltar e me vencer, ele definitivamente ganha uma disputa de cinturão”, finalizou.

Desde que estreou no UFC, no início de 2021, Michael Chandler se destacou por fazer grandes lutas no octógono, mas tem saldo negativo até aqui. Após vitória na estreia, o norte-americano vem de duas derrotas consecutivas para Charles do Bronx, na disputa de cinturão dos leves (até 70,3 kg) e Justin Gaethje, na melhor luta do ano passado. O ex-campeão do Bellator é o atual quinto colocado do ranking da divisão.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276