Presidente da PFL revela interesse em marcar luta entre Kayla Harrison e Cris Cyborg

Peter Murray enalteceu a atleta brasileira e afirmou que deseja ver a campeã das penas do Bellator enfrentar a maior estrela da sua organização

C. Cyborg pode enfrentar K. Harrison em breve (Foto: Reprodução/Twitter)

Apesar da possibilidade de revanche com Amanda Nunes ter sido descartada por Dana White, a brasileira Cris Cyborg pode ter outra superluta interessante em seu futuro. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o presidente da PFL Peter Murray admitiu que deseja casar um duelo entre a bicampeã das leves (até 70,3kg) Kayla Harrison e a atleta tupiniquim, que está livre no mercado, em sua organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Escute, eu acho que essa é a luta que os fãs gostariam de ver. Essa é uma luta que a PFL gostaria de apoiar. Kayla disse que quer essa luta. Eu acho que vai depender da Cris Cyborg. Ela quer essa luta? E se Cris decidir vir para a PFL para fazer essa luta e talvez outras lutas acontecerem, esse é um cenário. Outro cenário é uma co promoção. E nós somos defensores dos dois. Nosso entendimento é que ela é uma agente livre. Nós gostaríamos de fazer essa luta acontecer. Certamente já houve um contato. Não tem rodeios. Não é uma surpresa ou novidade que essa é uma luta que a PFL gostaria de fazer acontecer, ou Kayla. Então, eu acho que nas próximas semanas nós vamos ver o que é possível”, disse Murray.

Após derrotar Arlene Blencowe no Bellator 279, que aconteceu em abril, e defender com sucesso o seu cinturão das penas (até 65,7kg) pela quarta vez, o contrato de Cyborg com a organização se encerrou e a brasileira atualmente é uma agente livre. A atleta tupiniquim possui um cartel de 26 triunfos e dois reveses como atleta profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59