Charles do Bronx desabafa, cita arrogância e dispara contra Islam Makhachev e Khabib Nurmagomedov

Brasileiro revela estar focado, mas pede que ‘depois não reclamem’ e se arrependam das provocações; ele luta com Makhachev no UFC 280

C. do Bronx em cerimônia de encaradas do UFC 274. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque dos leves (até 70,3kg.), Charles do Bronx se sente desvalorizado por seu próximo adversário. O brasileiro, que enfrenta Islam Makhachev no UFC 280 do dia 22 de outubro, desabafou sobre arrogância do russo e seu ‘mentor’ Khabib Nurmagomedov na divulgação da luta. Ele relembra história de superação e quer seguir fazendo história com vitória em Abu Dhabi (EAU), pelo cinturão vago da categoria.

PUBLICIDADE:

“A arrogância vai matá-los. Tanto de empresário, como de ex-lutador (Khabib). Se eles pensam que vão vir para cá brincando, ninguém nunca vai me bater mais do que a vida já me bateu. Eu fui um moleque que fui tirado do sopro do coração, reumatismo nos ossos, quando o médico falou que eu não iria lutar ou fazer nada (de esporte) e eu me tornei campeão do UFC. Estou indo para sua casa, meu amigo, lutar contra você (Makhachev) para fazer história e continuar como campeão dos pesos leves”, disse Charles em entrevista ao ‘MMA Hoje’.

Ainda segundo Do Bronx, os russos estão ‘falando besteiras’, enquanto ele segue focado pela chance de recuperar seu título. O paulista, no entanto, afirma que as provocações estão chegando até ele e pede para que depois não reclamem.

PUBLICIDADE:

“Vocês estão falando um monte de besteira e estou só na minha, respeitando como sempre respeitei. Só que prestem atenção: o que vocês falam estão nas mídias e chegando. Depois, não reclamem. Só isso que eu tenho para falar”, concluiu o brasileiro.

Último campeão dos leves, Do Bronx tenta reconquistar o posto de ‘número um’ depois de perder o cinturão de forma polêmica na pesagem de luta contra Justin Gaethje. Em sua carreira, o brasileiro soma 33 triunfos e oito reveses, além de ser recordista de finalizações e bônus da organização. Ele lidera o ranking da categoria e vem de vitórias expressivas diante de nomes como Tony Ferguson, Michael Chandler, Dustin Poirier, Justin Gaethje.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC