VÍDEO: Agressivo e colecionador de bônus: relembre cinco melhores vitórias de Vicente Luque no UFC

Representante brasileiro no card do UFC Vegas 59 do próximo sábado (6), brasiliense já teve bons desfechos com as luvas da organização

V. Luque (foto) enfrenta G. Neal no sábado (6). Foto: Reprodução/ Facebook @ufc

Às vésperas de luta no UFC Las Vegas 59, evento realizado no próximo sábado (6), Vicente Luque tem a chance de voltar ao caminho das vitórias diante de Geoff Neal pelos meio-médios (até 77kg.) do UFC. Talento da divisão, o brasileiro já conseguiu ter grandes apresentações no octógono.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com estilo agressivo, trocador e afiado no chão, Luque se mostrou um lutador completo e coleciona bônus por suas performances em lutas no Ultimate. Por isso, a equipe do SUPER LUTAS reuniu grandes momentos do brasiliense com as luvas da organização.

Nocaute arrasador (x Belal Muhammad)

A vítima de Vicente Luque, em novembro de 2016, foi Belal Muhammad. O confronto, que aconteceu no UFC 205, terminou com um nocaute brutal do brasileiro sobre o norte-americano após uma série de socos na curta distância, ainda no primeiro round da luta.

PUBLICIDADE:

Mais de cinco anos depois, Luque e Muhammad se reencontraram em duelo ainda mais decisivo que o primeiro, de olho no posto de desafiante ao cinturão dos meio-médios (até 77kg.). Porém, da última vez, o norte-americano saiu vitorioso por pontos, em abril deste ano.

Carinho do público chileno (x Chad Laprise)

Apesar de levar as cores brasileiras no octógono em suas apresentações no Ultimate, Vicente se sentiu ‘em casa’ quando atuou no UFC Chile, em maio de 2018. O lutador, que tem descendência chilena, foi empurrado pela torcida local e nocauteou Chad Laprise na abertura do card principal do show.

PUBLICIDADE:

Luque, na luta, sofreu uma queda e, rapidamente, se recuperou. Com um cruzado de esquerda que acertou o queixo de Laprise, ele caiu por cima e teve tempo de desferir fortes golpes antes da interrupção do árbitro.

PUBLICIDADE:

Sobrou… (x Randy Brown)

Em agosto de 2020, Vicente deu show para nocautear, em apenas dois minutos, Randy Brown. Com estratégia e precisão, o brasiliense teve cautela e achou os momentos certos para desferir os golpes, até aplicar um knockdown seguido de golpes no solo pela interrupção do árbitro central.

Além do importante desfecho contra Brown, Luque se aproximou do top-10 da divisão e levou o prêmio de ‘Performance da Noite’ para casa.

Vitória mais importante da carreira (x Tyron Woodley)

Sem público pelo período de pandemia que assolou o mundo, Luque teve a vitória mais expressiva de sua carreira. No UFC 260, em março de 2021, o atleta conseguiu uma atuação impecável e, com um triângulo de mão, passou pelo ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.), Tyron Woodley, que fazia sua despedida na empresa.

Com o duelo no centro do cage, Luque respondeu às tentativas de Woodley com um cruzado de direita. O norte-americano balançou e caiu em quatro apoios. Por fim, o brasileiro aplicou uma finalização antes da desistência do rival no octógono do Ultimate.

Triângulo de mão (x Michael Chiesa)

Empolgado em série de quatro vitórias seguidas, Vicente Luque teve uma atuação de gala e ‘atropelou’ Michael Chiesa no UFC 265, em agosto de 2021. Na ocasião, o brasileiro sentiu pressão inicial do norte-americano, mas reverteu situação e encaixou um plástico triângulo de mão no final do primeiro round. O espetáculo aconteceu no Toyota Center, em Houston, Texas (EUA).

Luque começou a luta em desvantagem e chegou a ver Chiesa passar a guarda para tentar um mata-leão. O brasiliense, no entanto, saiu do encaixe e fez a transição rápida para uma finalização que fez o ‘Maverick’, como é conhecido, desistir.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC