Alexandre Pantoja revela ‘pena’ de Brandon Moreno e abre o jogo sobre trilogia no UFC

Brasileiro, que busca trilogia contra mexicano, rechaça possibilidade de ser 'vilão' para promoção da luta

A. Pantoja após vitória no UFC 277. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque dos pesos moscas (até 56,7kg.), Alexandre Pantoja deve ter a chance de disputar o título já em sua próxima apresentação. O brasileiro, que esteve como reserva no UFC 283, viu de perto a vitória de Brandon Moreno contra o compatriota Deiveson Figueiredo e chegou a questionar o mexicano sobre uma data para o confronto.

Em entrevista ao podcast ‘Trocação Franca’, Pantoja revelou ter ‘pena’ de Moreno após o último duelo entre os dois – o brasileiro venceu ambas as lutas –, já que o feriu com uma dura cotovelada por cima.

PUBLICIDADE:

“Foi uma luta super dura, irmão. Teve um momento que eu caí e dei uma cotovelada na cara dele, foi a única vez que tive pena de bater em alguém porque nós dois estávamos lá pelas nossas famílias, por todos. Acertei a cotovelada e ele está sangrando, foi a única vez na minha vida que pensei nisso durante uma luta. Eu estava tipo: ‘F***, esse cara está disposto a morrer aqui, irmão’. E ele estava. Eu estava machucando e ele tentando [se recuperar]”, disse Pantoja.

Pantoja também fugiu das provocações ao falar sobre uma eventual terceira luta contra Moreno. Apesar de já ter vencido em dois encontros – uma finalização no TUF e outra luta na decisão, ele descarta adotar o ‘trash talk’ e não quer ter imagem de vilão na disputa.

PUBLICIDADE:

“Não quero que Moreno me coloque nesse papel de vilão como se eu estivesse tentando arruinar seu momento. E honestamente, vamos ser claros aqui, ele perdeu duas vezes para mim. Eu poderia dizer que ele estava com medo de mim, que ele estava com medo de lutar comigo, mas eu duvido, cara. O povo mexicano é forte. Ele é um grande atleta e teve uma evolução incrível contra o Deiveson Figueiredo. Eu realmente quero que Brendon Moreno seja um lutador melhor, em seu auge”, concluiu o brasileiro.

Segundo do ranking, Pantoja vive grande momento na empresa. O carioca, inclusive, teria a oportunidade de lutar ‘em casa’ em sua possível primeira oportunidade pelo cinturão. Em sua carreira, são 25 vitórias e cinco derrotas.

PUBLICIDADE:

PFL compra Bellator para bater de frente com UFC + Chimaev desafia Poatan

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados das Finais – PFL Resultados do UFC Las Vegas 82 Principais resultados do Bellator 301 Lutadores campeões em duas categorias do UFC Resultados do UFC 295