Após derrota para Jones, Glover mira retorno para o fim do ano e quer encarar top 5

Brasileiro acredita que está a mais duas vitórias de voltar a disputar o cinturão da categoria peso meio-pesado

Glover (foto) tem um cartel de 22 vitórias e 3 derrotas. Foto: Josh Hedges/UFC

Glover (foto) tem um cartel de 22 vitórias e 3 derrotas. Foto: Josh Hedges/UFC

No último dia 26 de abril, o brasileiro Glover Teixeira passou por uma situação rara em sua carreira. Na data, o meio-pesado, que estava invicto desde março de 2005, foi derrotado de maneira inapelável pelo campeão Jon Jones na luta principal do UFC 172. Passado o revés, o brasileiro já se recupera e planeja sua volta ao octógono. Segundo o próprio Glover, os meses de outubro e novembros são os mais prováveis  para seu retorno.

“Minha recuperação está evoluindo muito bem. A minha melhora é visível e pretendo voltar a rotina de treinamentos no próximo mês, já estou fazendo um bom trabalho de fisioterapia e fortalecendo o ombro. Espero que meu retorno ao UFC aconteça entre outubro e novembro. Não me importo muito com a escolha do oponente, desde que esteja no Top 5 da categoria”, afirmou Teixeira.

Além disso, Glover avaliou sua situação na divisão e disse se ver a duas vitórias de voltar a disputar o título. “Pretendo fazer mais duas lutas e provar que estou bem. Esses são os meus primeiros planos para disputar o cinturão da divisão novamente. Esse descanso está vindo em um ótimo momento, pude ficar mais tempo próximo da minha família e ajudar alguns amigos durante seus treinamentos”, comentou.

Aos 34 anos, Glover Teixeira tem um cartel de 22 vitórias e três derrotas. O brasileiro chegou ao UFC em maio de 2012 e após cinco vitórias na maior organização de MMA do planeta disputou o cinturão da categoria contra o campeão Jon Jones em abril. No combate, realizado no UFC 172, Glover foi dominado nos cinco assaltos e perdeu na decisão dos juízes, com um triplo 50-45.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments