Empresário de Anderson Silva e Lyoto Machida minimiza doping de atletas

Segundo Ed Soares, episódios envolvendo Brian Ortega e Kevin Casey não representam a real situação da academia Black House

Casey (foto) caiu recentemente no exame antidoping. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/

Casey (foto) caiu recentemente no exame antidoping. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/

Recentemente, alguns casos envolvendo doping estouraram no MMA. Entre eles, há os episódios de Brian Ortega, após o UFC on FOX 12, e Kevin Casey, que testou positivo depois do UFC 175. Ambos os lutadores, flagrados com esteroides, realizaram seus treinamentos na Black House, academia onde também treinam nomes como Anderson Silva e Lyoto Machida.

Contudo, Ed Soares, um dos sócios da academia e empresário de lutadores, minimizou o ocorrido. Para ele, os episódios não representam o cenário geral de seu time. “Não é o que parece. Ortega frequenta a Black House em somente 10% de seu tempo de treinamento, enquanto Casey treina em 75% de seu tempo com a gente”, disse Soares, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”. “Mas, de todo esse tempo em que trabalho com atletas, acho que isso aconteceu somente três vezes, e aconteceu de ser duas delas em um período de um mês.”

O empresário acredita que os lutadores ingeriram substâncias proibidas a fim de tentar facilitar o processo de perda de peso. Acho que Brian ia lutar no Brasil e a luta foi cancelada uma semana antes de sua realização. Ele ficou muito chateado e ganhou peso. O UFC deu-lhe uma luta com quatro ou cinco semanas de antecedência, ele talvez estava acima do peso e tentou fazer algo a respeito”, comentou. “ Não sei o que essas coisas fazem, mas ele descobriu algo para perder peso. Eu não discuto isso com eles de maneira muito profunda, eu o confortei mais ou menos porque ele estava abatido. As pessoas cometem erros, e eu disse a ele que estava chateado com o ocorrido, mas não vou virar as costas para ele. Espero que ele aprenda com isso”, concluiu Soares.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments