‘Aldo é o campeão menos atrativo do UFC e isso é 100% sua culpa’, diz Sonnen

Ex-lutador dá dicas ao brasileiro para aumentar sua notoriedade e receber maior salário na organização

Sonnen (foto) deu dicas a Aldo. Foto: Divulgação/UFC

Sonnen (foto) deu dicas a Aldo. Foto: Divulgação/UFC

Não é muito raro ver José Aldo reclamando publicamente do salário que recebe do UFC, mesmo sendo o campeão dos penas da organização. Por isso, Chael Sonnen, ex-desafiante pelos títulos dos médios e meio-pesados e muito conhecido por suas atitudes fora do octógono, deu algumas dicas ao brasileiro para aumentar sua notoriedade perante os fãs de MMA.

Sonnen disse admirar o rendimento do brasileiro dentro do octógono, mas constatou que Aldo deixa algumas oportunidades de lado por não se concentrar em seu desenvolvimento fora das lutas.

José Aldo é bom demais. Eu, pessoalmente, o considero o número dois do mundo, atrás de Jon Jones. Aldo pode ser até considerado o melhor, já que a divisão dos penas é bem mais difícil que os meio-pesados. A questão é que Aldo é o campeão que menos ganha no UFC. Ele é o campeão menos atrativo, e isso é 100% sua culpa. Ele reclama de dinheiro constantemente, mas ele está nos cards de pay-per-view como o restante dos campeões. Ele simplesmente não faz nada para alavancar sua carreira”, opinou Sonnen, em entrevista ao site norte-americano “Bloody Elbow”.

O ex-lutador norte-americano disse que uma maneira de ganhar expressão no MMA é participar de cards grandiosos. “Se eu fosse José Aldo, eu teria escolhido uma luta no momento em que anunciaram Cain Velasquez x Fabrício Werdum. Eu teria ido à imprensa e desafiado seja lá quem for. Eu teria levado vantagem da grande venda que Cain irá trazer. Esse conceito que eu disse é muito óbvio, mas me parece ser algo estranho para ele. Isso é básico. Foi o que fiz quando desafiei Rashad Evans para o UFC 167, porque me beneficiei de uma das grandes vendas de pay-per-view no ano com Georges St. Pierre na luta principal”, explicou.

O próximo desafio de Aldo dentro do UFC será no dia 25 de outubro, no Rio de Janeiro, quando defenderá seu cinturão na revanche contra Chad Mendes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments