Empresário de Whittaker critica postura de Borrachinha em demora por confirmação de luta: ‘É a terceira vez’

Agente de ex-campeão relata incerteza sobre confronto e nova ‘novela’ envolvendo eventual confronto entre pupilo e brasileiro

P. Borrachinha (esq.) e R. Whittaker (dir.) são destaques no peso médio do UFC. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Um dos responsáveis por agenciar a carreira de Robert Whittaker, Titus Day criticou a postura de Paulo Borrachinha a respeito da negociação para eventual confronto. Em entrevista ao ‘Fox Sports Australia’, o empresário culpou o brasileiro pelo fato de a luta entre os destaques do peso médio (até 83,9kg.) não ter sido confirmada pelo UFC.

“O UFC perguntou ao Robert quando ele gostaria de lutar, e ele respondeu ‘março’, no UFC 299. Desde que concordou em lutar com Costa (Borrachinha), ele (Borrachinha) está desafiando (Khamzat) Chimaev. É estranho, porque o Chimaev está lesionado. Achamos que o cara está apenas jogando, de novo”, disse Day.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na sequência, o empresário questionou a real intenção do brasileiro. Segundo o agente, o mineiro não pretende se testar diante do ex-campeão do grupo.

“Talvez ele não queira lutar com Robert. Essa é a terceira vez que acontece. Por duas vezes, ele desapareceu. Sem motivo, sem lesão. Apenas se recusou a assinar o contrato”, encerrou.

PUBLICIDADE:

Ex-desafiante ao cinturão dos médios, Borrachinha busca retornar às competições após mais de uma temporada de inatividade. Depois de deixar o UFC 294 por conta de uma lesão, o brasileiro sugeriu confronto contra Whittaker.

O desafio entre as estrelas da categoria segue sem oficialização. Recentemente, Paulo tem reforçado o desejo de lutar no início de 2024.

PUBLICIDADE:

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 87 Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86