Ex-campeão mundial de boxe é morto a tiros nos EUA

O’Neil Bell, que chegou a ter quatro cinturões mundiais entre 2000 e 2008, foi baleado em uma tentativa de assalto em Atlanta

ONeil Bell, que chegou a ter quatro cinturões no Boxe, foi assinado em Atlanta

ONeil Bell, que chegou a ter quatro cinturões no Boxe, foi assinado em Atlanta

O mundo do Boxe está de luto. O ex-campeão mundial dos cruzadores, O’Neil Bell, foi assinado na cidade de Atlanta (EUA) na última quinta-feira (26). As autoridades locais revelaram que o pugilista jamaicano, que tinha 41 anos, recebeu dois tiros ao ser assaltado, quando saltava de um ônibus.

Veja Também

‘Último adversário de Rocky Balboa’ cai no doping
Defesa de lutador nega estupro: ‘Atriz pornô gosta de sexo violento’
Técnico garante: ‘Holm aceitaria lutar contra Cyborg num piscar de olhos’

Segundo o relatório da polícia, dois homens estavam envolvidos no assalto. As autoridades publicaram um vídeo que pode ajudar a identificar um dos suspeitos. Outro homem também foi vítima do assalto e está internado em estado grave.

A carreira

O’Neil Bell chegou a ter posse de quatro cinturões de diferentes organizações entre 2000 e 2008. As principais conquistas do lutador foram o cinturão da categoria cruzador da Associação Mundial de Boxe (WBA), do Conselho Mundial de Boxe (WBC) e da Federação Internacional de Boxe (FBI)

“Supernova”, como era conhecido, encerrou sua carreira em 2011, com vitória sobre o norte-americano Rico Cason, por nocaute técnico no primeiro assalto. Em sua carreira, Bell acumulou um recorde de 27 vitórias, quatro derrotas e um empate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments