Fortuna revela treinos com Cormier: ‘Passa uma confiança enorme’

Brasileiro, que enfrenta Jordan Johnson no TUF Finale 25, fez parte de sua preparação na AKA, com o campeão Cormier

Fortuna treinou com Cormier na AKA (Foto: Reprodução/Facebook MarcelFortuna)

Fortuna treinou com Cormier na AKA (Foto: Reprodução/Facebook MarcelFortuna)

Pouco conhecido do grande público, o meio-pesado Marcel Fortuna fará apenas sua segunda luta no UFC. Após estrear com um nocaute surpreendente sobre Anthony Hamilton, na categoria de cima, o brasileiro voltou para sua divisão de origem e irá enfrentar o invicto Jordan Johnson no TUF Finale 25, nesta sexta-feira (07), em Las Vegas.

E, ao que tudo indica, ele vem bem preparado para o combate: parte de sua preparação foi feita na AKA, academia norte-americana que conta com nomes como Daniel Cormier, Luke Rockhold e Cain Velasquez. De acordo com ‘Mãozinha’, como é conhecido, os treinamentos com Cormier, atual campeão da categoria até 93kg, o deixou ainda mais confiante para seu próximo desafio.

Veja Também

Brasileiros são azarões nas casas de apostas para o TUF 25 Finale
Assista, ao vivo, à pesagem oficial do TUF 25 Finale, com Johnson e três brasileiros

“Tem muito treino bom na AKA. Treinei muito com o Cormier, sim. Passa uma confiança enorme treinar com o campeão da categoria, ainda mais sendo wrestler como o meu próximo oponente. Apesar disso, na academia ele não utiliza muito as quedas, prefere aperfeiçoar a trocação. Claro que acabou me colocando para baixo algumas vezes, mas foi um treino muito rico e que me deixou muito confiante para esta luta. É importante se testar nos treinamentos contra um cara que troca bem e tem um background riquíssimo no wrestling, porque dificilmente você será surpreendido na hora da luta”, revelou Fortuna, em entrevista ao site ‘Portal do Vale Tudo’.

Questionado sobre o jogo de seu oponente, Marcel mostrou que fez a ‘lição de casa’ ao descrever as principais características de Johnson. Contudo, ele garante que está preparado para superar o americano em todas as áreas da luta.

“Meu oponente é wrestler, gosta de grappling, mas geralmente usa mais para o grappling dele quando está sendo colocado para baixo, e geralmente quando ele cai por cima ele fica trabalhando no ground and pound dando uma segurada na luta, pelo menos foi isso o que percebi assistindo as últimas lutas dele. Acredito que essa será a estratégia que ele queira usar na nossa luta, que é derrubar e pontuar. Estou preparado para anular esse jogo dele. Independentemente do estilo, a gente faz a adaptação do jogo para sempre surpreender o oponente”.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments