Lesão nas costas pode antecipar aposentadoria de Kenny Florian

O  norte-americano Kenny Florian pode ser forçado a encerrar prematuramente a carreira. O veterano lutador, de 35 anos, sofreu uma grave lesão nas costas e já cogita a possibilidade de pendurar as luvas. Em entrevista ao Jornal Boston Herald, Florian não escondeu sua decepção com o tratamento da contusão.

“Estou indo e voltando do médico o tempo todo, então é possível que eu me aposente. No momento, obviamente eu não consigo lutar ou treinar como fazia antes”, disse. “Mas espero conseguir me curar e melhorar”completou.

Com a lesão, Kenny afirmou que está afastado dos treinamentos até a metade deste ano. “Por isso decidi tirar seis meses para realmente me recuperar”, afirmou.

Florian foi finalista da primeira edição do The Ultimate Figher, o reality show do UFC, quando foi superado por Diego Sanchez na disputa dos pesos médios. Desde então, o lutador que tem um cartel de 14 vitórias e seis derrotas, disputar o cinturão da categoria de leves em duas oportunidades e na divisão de pesos penas  uma vez, quando foi dominado pelo brasileiro José  Aldo no UFC 136, realizado em outubro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário