Vitali Klitschko vence Dereck Chisora em fim de semana conturbado

Tapa no rosto em pesagem, cusparada e briga com ameaça de tiro marcaram o duelo

A oitava defesa do cinturão do Conselho Mundial de Boxe do ucraniano Vitali Klitschko aconteceu na noite desta sábado, em Munique, na Alemanha. Num fim de semana repleto de confusões, Klitschko venceu o desafiante inglês Dereck Chisora e manteve o título em seu poder.

Tudo começou na pesagem oficial, na sexta-feira. No momento da tradicional encarada, Chisora deu um tapa no rosto de Klitschko, que teve que ser contido para não revidar. Revoltado com o que considerou “comportamento antidesportivo”, o presidente do CMB José Sulaimán multou o britânico.

A luta, que aconteceu na Olympiahalle, lotada por 12.500 fãs de Klitschko, foi antecedida por outro momento bizarro protagonizado por Chisora. Na apresentação dos lutadores, o desafiante cuspiu água no rosto de Wladimir Klitschko, irmão mais novo e córner de Vitali. Wlad seria o adversário original de Chisora, mas a luta foi adiada duas vezes antes de ser cancelada em definitivo.

Aos 40 anos, Vitali dominou a maior parte da luta contra o oponente 12 anos mais jovem. Aproveitando-se da vantagem na altura e envergadura, Klitschko venceu por decisão unânime, apesar de ter sido obrigado a lidar com a postura agressiva do rival. Apesar de derrotado, Chisora conquistou o público com sua bravura, tornando-se o lutador que mais trabalho deu a Vitali desde que foi derrotado por Lennox Lewis, em 2003.

Após o combate, a confusão novamente foi armada. Durante a coletiva de imprensa pós-luta, David Haye, possível próximo oponente de Vitali Klitschko, começou a provocar Dereck Chisora, que deixou seu lugar no palco e foi tirar satisfação com o compatriota. Uma briga generalizada aconteceu, com direito a ameaça de tiro por parte de Chisora a Haye.

Já neste domingo, ao tentar embarcar de volta a Londres, Chisora e seu treinador Don Charles foram detidos pela polícia alemã, que investiga os acontecimentos da briga. Haye, também procurado pelas autoridades alemãs, não foi encontrado no hotel.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments