Sean Sherk tem pena reduzida

O campeão dos leves do UFC, Sean Sherk teve sua pena reduzina pela Comissão Atlética da Califórnia.Depois da defesa do cinturão dia 07 de julho contra o brasileiro Hermes França, Sherk foi suspenso por um ano e multado em U$ 2,500 por ter testado positivo para Nandrolona.

Nesta terça feira a comissão, após ouvir a defesa e deliberar, resolveu reduzir a pena imposta ao atleta de um ano para apenas 6 meses e manter a multa no mesmo valor.

Uma moção inicial de se manter a suspensão foi negada. A segunda moção, para reduzir a suspensão inicialmente falhou, pois houve um empate em 3 a 3. Mas, depois de debater a questão e submeter a matéria novamente à votação ela foi aprovada por 4 a 2.

“Você não sabe o que vai acontecer até o dia chegar, mas eu estou tranqüilo visto que nós temos muitas provas da minha inocência” Disse Sherk dias antes de seu novo julgamento.

Tendo como base o processo ele disse “Eles realmente não têm regras e regulamentos que eles têm que seguir. Tudo que eu quero é uma chance justa de provar minha inocência. Quero apenas uma oportunidade de apresentar os fatos que temos, que comprovam minha inocência e demonstram que de fato eu não usei Nandrolona”

Apesar de tudo Sherk não se mostrou satisfeito com a decisão . Depois do julgamento ele disse “Não estou contente com a nova sentença (de ter a pena reduzida à metade e de ter a multa mantida)”. “Isso não acabou ainda”, indicando que possivelmente ainda vai tentar mais uma ação judicial por meio de seus advogados.

Ficando as coisas como estão, Sherk estará apto a voltar aos ringues no início de janeiro.

Deixe seu comentário