Após cancelamento de luta no UFC Rio 3, José Aldo decide vender moto

Depois de acidente de moto no início deste mês, que o tirou o card do UFC Rio 3, o brasileiro José Aldo decidiu vender o veículo de duas rodas. O técnico do campeão dos pesos penas, Dedé Pederneiras, revelou que seu pupilo optou por deixar de lado o prazer de pilotar motocicletas a favor de sua segurança e comprometimento com o Ultimate.

“São males que vêm para o bem. Ele já disse que vai vender a moto e comprar outro carro. Disse que, a partir de agora, não vai mais andar de moto”, disse Dedé.

No dia 1 de janeiro, Aldo caiu de sua moto após se chocar com um carro. O lutador, que estava escalado para defender seu cinturão contra Frankie Edgar teve seu duelo cancelado devido a um inchaço no pé sofrido durante a queda. Apesar do imprevisto, Dana White, presidente do UFC, confirmou que o duelo diante de Edgar será remarcado em breve.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário