Bellator: Eddie Alvarez nocauteia Patrcky Pitbull e Wagnney avança no GP de penas

O Bellator 76 foi de emoções distintas para os atletas brasileiros. O evento, que foi realizado na noite desta sexta-feira (12), em Windsor, no Canadá, contou como atração principal a luta entre Eddie Alvarez e o brasileiro Patricky Pitbull, com o norte-americano levando a melhor por nocaute no primeiro round. Antes, o carioca Wagnney Fabiano retornou ao MMA em grande estilo. O atleta da Nova União finalizou  Akon Stepanyan e avançou as semifinais do GP de pesos penas da organização.

Alvarez nocauteia Pitbull
Na luta principal da noite, o potiguar Patricky Pitbull entrou no combate diante de Eddie Alvarez, mas o norte-americano mostrou logo nos primeiros movimentos porque é pretendido pelo UFC e deve assinar com a maior organização de MMA do mundo nos próximos meses.

Com um direto de direita, Alvarez acertou o brasileiro que foi ao solo, mas com muita raça Pitbull se levantou e foi pra cima do adversário.

A luta ficou equilibrada, mas nos segundos finais do primeiro round, Alvarez aproveitou um descuido do brasileiro e acertou um belissimo chute alto na cabeça de Patricky. Ele ainda levou dois fortes socos no solo até o árbitro “Big” Joe McCarthy encerrar o combate.

Wagnney finaliza em retorno ao MMA
Mais cedo o Brasil conquistou sua vitória no evento. O carioca  Wagnney Fabiano fez sua primeira luta em dois anos e mostrou a eficiência de seu jiu-jitsu contra Akon Stepanyan. O brasileiro insistiu nas tentativas de queda até colocar o armênio no chão, e rapidamente encaixou uma chave de braço e encerrar a disputa.

Com o triunfo, Wagnney encara  Rad Martinez na semifinal do torneio de pesos penas. O vencedor do GP recebe uma chance de disputar o cinturão da franquia, contra o atual campeão Pat Curran.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário