Judô: Brasil recebe Copa do Mundo em maio

Começou ontem a contagem regressiva para a II Brazil Judo World Cup, a etapa brasileira da Copa do Mundo de Judô. O evento, que acontecerá mais uma vez em Belo Horizonte (MG), promete um recorde de participantes. No site da CBJ, o torcedor brasileiro poderá acompanhar pela contagem regressiva quantos dias faltam para a competição.

Em 2007, a etapa brasileira contou com a presença de 16 países e de alguns dos maiores nomes da modalidade, sendo 24 medalhistas olímpicos e mundiais.

A Copa do Mundo de Belo Horizonte foi o mais profissional evento já realizado até então pelo Judô Pan Americano, e serviu como termômetro para o Campeonato Mundial em setembro. Foi ainda um grande sucesso de público e mídia.

“Nossa expectativa é superar o número de países participantes. Trabalhamos para chegar à 25 nações no campeonato. A Copa do Mundo de Belo Horizonte tem a importância de consolidar a posição do judô brasileiro como excelência em organização de eventos, já que os resultados dos nossos atletas falam por sim”, diz o presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira.

A seleção brasileira promete brilhar novamente na Brazil Judo World Cup. Neste ano, o país competirá com quatro equipes completas: Sênior, Sênior B, Sub-23 e Júnior.

“A Brasil Judo World Cup é hoje o maior evento do judô nacional e a CBJ aplica nesta etapa no Brasil alguns dos conceitos mais modernos de marketing esportivo, transmissão de tv e entretenimento. Isso tudo sem esquecer das principais estrelas do espetáculo, os atletas, que recebem tratamento especial e as melhores condições de hospedagem, alimentação, competição e treinamento. É hoje a única etapa de World Cup realizada nas Américas e acontece em uma das arenas mais modernas do mundo”, diz Mauricio Santos, diretor de marketing da CBJ e da Wh Sports.

Se competir no Brasil é especial, lutar em casa é ainda mais emocionante. Campeão Mundial no meio-pesado, Luciano Correa é natural de Brasília, mas tem Minas Gerias no coração. Há alguns anos o atleta trocou a capital federal pela terra do pão de queijo.

“Competir no Brasil é sempre especial e em Belo Horizonte é mais ainda. O calor da torcida mineira é único e sei que ela tem um carinho especial por mim”, diz o campeão mundial Luciano Correa, atleta do Minas Tênis Clube.

Deixe seu comentário