Rio Heros em Osasco atrai apostadores no exterior

Lutadores ganham R$ 700 para lutar em evento que cobra US$ 50 por cada aposta

O modelo oficial de vale-tudo está sendo explorado em Osasco (SP) para apostas feitas no exterior, revelou nesta quinta-feira o jornal “Folha de S. Paulo”. Um galpão na cidade da Grande São Paulo está servindo de palco para lutas promovidas pela “Rio Heroes”, empresa de eventos com sede em Miami (EUA).

Lutadores ganham R$ 700 para lutar em evento que cobra US$ 50 por cada aposta

Segundo o jornal, as lutas são transmitidas ao vivo para Las Vegas, onde o sinal é distribuído para a internet. Os sites que patrocinam o evento são sediados no exterior e contornam a lei brasileira ao receber apostas de, no mínimo, US$ 50.

Os lutadores, que ganham R$ 700 para entrar no ringue, se desafiam nos antigos moldes do vale-tudo e que contrariam a regra internacional. Não há luvas, árbitro e nem o tempo é dividido em “rounds”.

Em declaração ao jornal, Jorge Pereira, o locutor e vice-presidente da Rio Heroes, defende o evento e diz que não há irregularidade, já que as apostas não são feitas no Brasil. Além disso, alega que o galpão tem alvará de funcionamento, com médicos e ambulâncias disponíveis.

Deixe seu comentário