Dana White admite que viu vitória de Brunson sobre Anderson Silva

Presidente do UFC revelou que recebeu mensagem do norte-americano, chateado por ter perdido para o brasileiro

A. Silva (esq) venceu D. Brunson (dir) em decisão polêmica (FOTO: Getty Images)

A. Silva (esq) venceu D. Brunson (dir) em decisão polêmica (FOTO: Getty Images)

Anderson Silva espantou a má fase de mais de quatro anos sem vitória e bateu Derek Brunson no UFC 208, evento realizado no último sábado (11), em Nova York (EUA). Porém, se dependesse do presidente do UFC Dana White, o jejum ainda estaria ativo. O dirigente revelou que viu vitória do norte-americano ao final de três rounds bem disputados. No final, os juízes laterias deram vitória para o brasileiro, em decisão bastante discutida.

Veja Também

Anderson (dir) superou Brunson (esq) por pontos. (Foto: Getty Images)
Vídeo: Assista à vitória de Anderson Silva sobre Derek Brunson no UFC 208
Anderson encerrou jejum de quase cinco anos. (Foto: Getty Images)
Após vitória, Anderson desabafa: “Sou velho, mas tenho experiência”

“Eu vi vitória de Brunson. Antes do terceiro round, achei que a luta estava empatada com um round para cada lutador. No terceiro assalto, vi vitória de Derek, que me mandou uma mensagem. Obviamente, ele está muito chateado, dizendo que era dessa forma que ele sustentava sua família e agora não teria o bônus de uma vitória que, na sua visão, era dele. Mas é uma daquelas coisas. Eu sempre digo que se você não quer ser prejudicado pelos juízes, não deixe que a luta vá para a decisão”, revelou White, ao canal norte-americano Fox Sports.

Ainda que Dana White tenha visto vitória de Brunson, a decisão dos juízes laterais é irrevogável. O contrato de Brunson prevê uma quantia para que ele apareça e lute e esse valor pode dobrar se ele vencer suas lutas. Por isso, o norte-americano ficou irritado com a decisão. Jornalistas especializados, em sua maioria, deram vitória para o norte-americano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário