Conor McGregor revela desejo de comprar o UFC no futuro

Campeão peso leve também voltou a provocar Floyd Mayweather

McGregor (foto) quer conversar com novos donos do UFC Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor (foto) quer conversar com novos donos do UFC Foto: Josh Hedges/UFC

Os planos de Conor McGregor fora do octógono são ambiciosos. Além de buscar uma luta com Floyd Mayweather no boxe, o irlandês revelou que deseja ser dono do UFC em um futuro próximo. Em entrevista à revista de moda “GQ”, o campeão peso leve do Ultimate disse que pretende conversar em breve com os novos donos do evento, comprado no ano passado por US$ 4 bilhões, e avisou que só voltará a lutar MMA se conseguir um cheque “mais gordo” do show.

Veja Também

Holloway é o campeão interino dos penas. (Foto: UFC)
Holloway promete tomar o Rio de Janeiro e destronar “rei” Aldo
Lima é um dos participantes do TUF 25. (Foto: Getty Images)
Com brasileiro na lista, UFC divulga lutadores selecionados para o TUF 25
Anderson anda irritado com o UFC (Foto: UFC)
Em desabafo, Anderson Silva pede respeito e crava: “Sou o melhor do mundo”

“Quero sentar e negociar o que eu valho para a empresa. Quero chegar, cara a cara, e colocar meus dados na mesa e dizer “Isso é o que eu valho agora. Me paguem”. E a partir daí podemos conversar. Quero um cheque mais gordo para voltar. Talvez, mais para frente, ter ações do Ultimate, algo do tipo. Estou avisando a eles para que saibam que eu quero algo a mais do que dinheiro”, disparou McGregor.

Além de falar sobre seu futuro com o UFC, o irlandês também provocou Floyd Mayweather. Os dois vêm negociando uma luta de boxe há algumas semanas e trocando provocações por meio das redes sociais. Recentemente, McGregor viajou a Las Vegas para abrir nova rodada de negociações, mas o ex-pugilista disse que seguia aposentado e que, se isso mudasse, ele contaria a seus fãs. O campeão do UFC não fez por menos e postou uma foto com a legenda: “Cheguei em Vegas. Floyd se aposentou com a minha chegada”. À revista “GQ”, Conor disse que seu punho é maior que a cabeça do ex-campeão de boxe.

“Floyd tem lutado boxe por 40 anos, e não lutado. São termos diferentes. O boxe é uma luta limitada, com um livro de regras. Lutar é diferente, de verdade, quando se pode fazer qualquer coisa. Ele tem 40 anos, e a idade não espera por nenhum homem. Ele tem uma cabeça pequena. Meu punho é maior que sua cabeça, honestamente. Eu boto pessoas para dormir. Isso é um fato. Se eu socar a cabeça desse homem, ela vai parar na arquibancada. Entende isso? Vou socá-lo e sua cabeça vai para as arquibancadas”, sentenciou.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário