Dana diz que trabalha para fazer Anderson x Rockhold no UFC 212

Presidente do UFC revelou que ex-campeão é primeira opção para enfrentar o Spider no Rio de Janeiro, dia 3 de junho

Anderson (esq) x Rockhold (dir) pode rolar no Rio de Janeiro (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)

Anderson (esq) x Rockhold (dir) pode rolar no Rio de Janeiro (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)

O UFC segue procurando um adversário para Anderson Silva no UFC 212, que aconteceria dia 3 de junho, no Rio de Janeiro. Inicialmente escalado para enfrentar Kelvin Gastelum, o Spider ficou sem oponente após o norte-americano ser flagrado em exame antidoping em sua última luta, quando venceu Vitor Belfort, por uso de maconha. Contudo, se depender de Dana White, presidente do Ultimate, o nome do escolhido já foi definido: o ex-campeão Luke Rockhold.

Veja Também

Gastelum foi criticado pelo STJDMMA(Foto: Buda Mendes/UFC)
Gastelum é pego no doping e está fora de luta com Anderson Silva
L. Rockhold (foto) é inimigo declarado de Werdum Foto: Josh Hedges/UFC
Peso médio Rockhold pede luta com Werdum entre os pesados

“Obviamente, Anderson estava disposto a pegar Kelvin Gastelum, que é muito duro e perigoso. Conversei com Anderson. Vocês todos sabem como é lidar com Anderson. Não que seja uma coisa ruim, é um processo. É um processo que terei que passar por ele. Uma das coisas que sempre respeitei sobre Anderson… Ele não queria lutar de novo com Chael Sonnen. Ele disse: “Esse cara é desrespeitoso e não merece lutar comigo”. Ele lutou com ele. Anderson vai e luta. Lutou com Cormier no UFC 200. Ele é um casca-grossa. É o maior de todos os tempos e estou ansioso para passar por esse processo para a luta com Luke Rockhold. Vamos ver o que acontece”, declarou Dana, na coletiva de imprensa do UFC 210, realizado no último sábado, em Buffalo (EUA).

Luke Rockhold, de 32 anos, não luta desde junho de 2016, quando foi nocauteado de maneira surpreendente por Michael Bisping, em derrota que lhe custou o título dos médios. Ele havia conquistado o cinturão uma luta antes, no UFC 194, com um nocaute sobre Chris Weidman. No Ultimate, realizou sete lutas, com cinco vitórias e duas derrotas. Ao todo, possui 15 resultados positivos e três negativos em seu cartel profissional, incluindo uma conquista de cinturão do extinto Strikeforce.

CARD DO UFC 212 (até o momento):

Peso pena: José Aldo x Max Holloway

Peso palha: Cláudia Gadelha x Karolina Kowalkiewicz

Peso médio: Anderson Silva x Adversário a definir

Peso meio-médio: Erick Silva x Yancy Medeiros

Peso leve: Leonardo Santos x Olivier Aubin-Mercier

Peso galo: Johnny Eduardo x Mathew Lopez

Peso galo: Marco Beltrán x Deiveson Alcântara

Peso médio: Antônio Cara de Sapato x Eric Spicely

Peso médio: Paulo Borrachinha x Oluwale Bamgbose

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário