Dana revela que McGregor quer enfrentar Khabib em card na Rússia

Presidente do UFC revelou que McGregor pediu por luta contra Khabib em seu retorno ao UFC

McGregor quer enfrentar Khabib (Foto: Reprodução/Facebook TheNotoriousMMA)

McGregor quer enfrentar Khabib (Foto: Reprodução/Facebook TheNotoriousMMA)

O próximo desafio de Conor McGregor sequer será no UFC, mas o irlandês já definiu seus planos para seu retorno ao MMA. Com duelo de boxe marcado contra Floyd Mayweather, dia 26 de agosto, o campeão peso leve do Ultimate já avisou Dana White, presidente da organização, que quer enfrentar Khabib Nurmagomedov em sua primeira defesa de cinturão. De quebra, ele quer que o combate aconteça na Rússia, país em que nasceu Nurma.

Veja Também

Waterson pousou nua para revista americana (Foto: Reprodução/Youtube)
Vídeo: Lutadora do UFC posa nua para revista americana
St. Pierre retorna nesta semana (Foto: Reprodução/Facebook/Georges St. Pierre)
UFC planeja retorno de GSP contra vencedor de Demian x Woodley

“Sabe o que Conor me disse? “Eu quero Khabib na Rússia”. Ele é ou não é f*** pra car***? É incrível. Conor McGregor é um unicórnio. Não existe ninguém como ele. O cara está treinando para lutar boxe contra Floyd Mayweather e já fala em enfrentar Khabib Nurmagomedov na Rússia logo depois. É esse tipo de coisa que faz esse cara ser uma super estrela. Tem uma porção de lutadores me dizendo que não quer fazer bisso, não quer enfrentar fulano ou beltrano, enquanto Conor me diz que quer lutar contra Mayweather e depois encarar Khabib Nurmagomedov na Rússia! Tem como não amar Conor McGregor? Ele é sensacional!”, revelou White, em entrevista ao site norte-americano ‘MMA Junkie’.

Contudo, para que o duelo aconteça, Khabib precisa derrotar Tony Ferguson, em duelo que deve acontecer no segundo semestre deste ano. O confronto, que deveria ter acontecido no UFC 209, em março passado, irá definir o campeão interino da divisão até 70kg.

“Essa luta (entre Nurmagomedov e Ferguson) tem que acontecer. Teria sido muito pior se os dois tivessem lutado no UFC 209 e agora estivessem sentados esperando. Como ela não aconteceu em março, eles agora precisam se enfrentar, para que o “timing” para a unificação do cinturão seja perfeito”, concluiu Dana.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário