St. Pierre admite que não deve defender cinturão dos médios

Ex-campeão meio-médio e atual dono do cinturão médio quer retornar à sua divisão de origem

GSP quer voltar aos meio-médios (Foto: Reprodução Instagram ufc)

GSP quer voltar aos meio-médios (Foto: Reprodução Instagram ufc)

Georges St. Pierre fez história no início de novembro passado ao conquistar o cinturão peso médio do Ultimate no UFC 217. Porém, sua aventura na categoria deve ficar por aqui. Ex-dono do título meio-médio e considerado o maior lutador de todos os tempos nessa categoria, o canadense admite que pretende retornar à sua divisão de origem.

Veja Também

M. Bisping admitiu erro em luta na China (Foto: Reprodução Facebook UFC)
Bisping admite erro ao aceitar luta com Gastelum no UFC China
Miocic (esq.) defende título dos pesados contra Ngannou (dir.) no UFC 220. Foto: Reprodução / Facebook UFC
Miocic defende cinturão dos pesados contra Ngannou no UFC 220
R. Camões (esq.) ao lado de A. Silva (dir.). Foto: Reprodução / Instagram
Técnico confia em inocência de Anderson Silva, mas espera longa suspensão por doping

Nesse cenário, GSP desistiria do cinturão conquistado sobre Michael Bisping. Em entrevista à emissora canadense TSN, St. Pierre admitiu que sua estratégia para ganhar peso não foi a correta e por isso quer voltar.

“Vamos falar sobre isso ainda, mas não sei. Não tenho certeza se voltarei a competir entre os médios. Eu acho que não (…) Claro, em termos de ganho de massa, eu terei que mudar algumas coisas caso volte. Comer do jeito que fiz foi errado. Não deveria me forçar a ganhar massa muscular. Sempre fui contra esteroides e drogas que melhoram a performance e ganhei massa de forma natural. Não há jeito fácil. Eu fiz do jeito difícil e ganhei massa e mantive massa. Mas não foi saudável. Eu acho que o corpo tem um peso ideal para que possa ter uma performance no melhor de suas habilidades e meu peso perfeito não é o médio”, analisou GSP.

Algumas semanas após o UFC 217, Dana White revelou que St. Pierre tem sofrido com colite, uma doença inflamatória que atinge o cólon. Especula-se que a doença tenha sido um efeito colateral do ganho de peso de GSP. A colite tem impedido o canadense de retornar mais cedo ao octógono, seja como médio ou meio-médio.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário