Minotauro é operado e pode voltar em junho de 2012

Rodrigo Minotauro passa por cirúrgia, coloca 16 parafusos no braço e pode voltar em junho

Depois de consultar um médico em Los Angeles e decidir não passar pelo tratamento cirúrgico, Rodrigo Minotauro voltou atrás e operou o braço direito, fraturado durante a luta contra Frank Mir no UFC 140, realizado no último dia 10, em Toronto. Na tarde de sábado (17), o faixa-preta brasileiro foi internado na clinica Steadman, na cidade de Vail, nos Estados Unidos, onde foi feito todo o procedimento.

Veja as fotos da fratura de Rodrigo Minotauro
[album: http://www.superlutas.com.br/wp-content/plugins/dm-albums/dm-albums.php?currdir=/wp-content/uploads/dm-albums/Fratura de Minotauro/]

A equipe responsável pelo procedimento foi comandada pelo médico Thomas Hackett, que divulgou neste domingo uma nota para explicar o que foi feito no braçodo ex-campeão do UFC.

Segundo Hackett, 16 parafusos foram colocados no braço de Minotauro e o nervo radial também recebeu um tratamento específico, já que o brasileiro estava perdendo um pouco dos movimentos da mão. O médico acredita que Minotauro pode lutar até em junho de 2012.

Confira a nota de Thomas Hackett, médico de Minotauro, na íntegra:

“O Sr. Nogueira sofreu uma fratura complexa no seu úmero direito, um osso do braço. A fratura começou na parte central do osso e estendeu-se até a região do cotovelo. Infelizmente, o nervo radial (um dos principais nervos que dá sensação de poder às mãos) foi ferido por esse acontecimento. O nervo estava localizado na área da fratura e o osso foi comprimindo o nervo. Antes da cirurgia, ele tinha muito pouca força na mão e nenhuma força em seu polegar.”

“A cirurgia envolveu uma incisão na parte traseira do seu braço. O nervo foi retirado do local da fratura e tratado. A fratura foi fixada com uma placa e 16 parafusos e agora menos de 12 horas após a cirurgia, a função esta retornando à sua mão e o osso foi consertado. Nós planejamos iniciar uma série de exercícios de movimento hoje e iremos começar a reforçar no próximo mês. Se tudo correr bem, ele vai começar o treinamento completo nos próximos meses e deve ficar 100% para a luta em seis meses ou menos. Prevemos uma recuperação completa e plena”.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário