Brian Stann explica porque parou de bater em Alessio Sakara

Peso médio comenta vitória no UFC da Suécia

Brian Stann durante a pesagem do UFC on Fuel TV 2 (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC)

Conhecido pelos punhos poderosos, Brian Stann coleciona vitórias por nocaute na carreira. No último sábado, no UFC On FUEL TV 2, o italiano Alessio Sakara engrossou a lista de vítimas do ex-capitão dos Fuzileiros Navais dos EUA.

Como sempre, muito respeitoso com seus oponentes, Stann explicou ao site americano MMAjunkie porque parou de bater quando estava dominando o oponente no ground and pound.

“Eu o acertei com uma cotovelada curta e bem rápida. Acertei bem no osso acima de seu olho direito e meu cotovelo afundou em seu olho. Eu o escutei falar alguma coisa em italiano. Aquele momento em que ele falava algo foi exatamente quando eu o acertei duas vezes. Vi que ele apagou por um segundo. Suas pernas estavam envoltas em mim, então eu pude sentir seus músculos amolecerem. Meus instintos imediatamente disseram que aquele cara não estava mais ali. Eu realmente respeito Sakara. Pude sentir que ele estava acabado, então olhei para o árbitro pedindo ajuda.”

Stann, que vinha de derrota para Chael Sonnen no UFC 136, agora tem quatro vitórias e uma derrota desde que desceu para a categoria dos pesos médios. Com cartel total de 12-4, o atleta da equipe de Greg Jackson disse que quer agora enfrentar lutadores mais bem ranqueados para voltar a subir na divisão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo
Ricardo
8 anos atrás

É um homem honroso, atitude digna de um samurai.

Chaeltre
Chaeltre
8 anos atrás

O Brian Stann ganhou não só a luta mas também muito respeito, pelo menos da minha parte. Como um professor meu comentou, já pensou se o Jhonn Jones tem essa mesma atitude na luta com o Machida, vendo que ele apagou não larga o cara no chão mas vai baixando ele com cuidado pra não se quebrar mais do que já estava. Quem ganharia com isso seria o próprio Jones mas o cara veio com aquela atitude arrogante e só foi cumprimentar o desmaiado por que o técnico mandou. Parabéns ao Brian Stann e ao site pela matéria.

Chaeltre
Chaeltre
8 anos atrás

O Brian Stann ganhou não só a luta mas também muito respeito, pelo menos da minha parte. Como um professor meu comentou, já pensou se o Jhonn Jones tem essa mesma atitude na luta com o Machida, vendo que ele apagou não larga o cara no chão pra fazer pose mas vai baixando ele com cuidado pra não se quebrar mais do que já estava. Quem ganharia com isso seria o próprio Jones mas o cara veio com aquela atitude arrogante e só foi cumprimentar o desfalecido por que o técnico mandou. Parabéns ao Brian Stann e ao site pela… Read more »