Charles do Bronx brilha e finaliza no TUF Finale

O outro brasileiro no programa de lutas, Cristiano Marcello estreou com derrota no UFC

O peso pena Mike Chiesa é o vencedor da 15ª temporada do The Ultimate Fighter, o reality show do UFC, nos Estados Unidos. Mas quem também pôde comemorar no evento realizado nesta sexta-feira, em Las Vegas, é o brasileiro Charles do Bronx. O atleta tupiniquim encarou o duro Jonathan Brookins, e depois de um primeiro round equilibrado finalizou a disputa com um belo triangulo de mão no segundo assalto.

Charles do Bronx's comemora vitória no UFC. Foto: Josh Hedges

Conhecido por seu jiu-jitsu afiado, Charles mostrou evolução em seu jogo em pé. O brasileiro começou a luta trocando bem com Brookins e conectando bons socos. Já no segundo round, o norte-americano acertou um bom cruzado e tentou encerrar a etapa com uma guilhotina em pé. Mas “do Bronx” levou a disputa para o solo, se livrou do golpe e logo passou a guarda. A partir daí Charles encaixou um justo triângulo de mão e forçou Jonathan a desistir da disputa.

Kampmann vence e fica perto do cinturão
Na luta principal da noite, Martin Kampmann sofreu bastante no primeiro round com bons golpes de Jake Ellenberger. Porém no segundo round, o dinamarquês conseguiu conectou uma potente joelhada e encerrou a disputa.

Com o resultado, Kampmann se credencia como um dos principais meio-médios do UFC, ficando perto de uma disputa de cinturão.

Cristiano Marcello perde na estreia
Integrante da casa no TUF, Cristiano Marcello era considerado um dos favoritos para vencer o reality. Mas após ser eliminado da disputa ganhou uma nova chance no UFC, mas não conseguiu aproveitar. Diante de Sam Sicilia, também participante do TUF, o brasileiro não conseguiu se encontrar na trocação de seu adversário no primeiro round, sofrendo duros golpes.

No segundo assalto, Cristiano voltou mais atento e conseguiu equilibrar a disputa na trocação, porém  com um cruzado de esquerda, seguido de uma joelhada, Sicilia derrubou o faixa-preta e venceu por nocaute técnico.

Card principal:
Martin Kampmann derrotou Jake Ellenberger por nocaute técnico no R2;
Mike Chiesa finalizou Al Iaquinta com um mata-leão no R1;
Charles do Bronx’s finalizou Jonathan Brookins com um triângulo de mão no R2;
Max Holloway derrotou Pat Schilling na decisão unânime dos juízes;
Justin Lawrence derrotou John Cofer por nocaute no R2;

Card preliminar:
Daron Cruickshank derrotou Chris Tickle na decisão unânime dos juízes;
Myles Jury finalizou Chris Saunders com uma guilhotina no R1;
Sam Sicilia derrotou Cristiano Marcello por nocaute técnico no R2;
Joe Proctor derrotou Jeremy Larsen por nocaute técnico no R1;
Erik Perez finalizou John Albert com um armlock no R1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário