Griffin e Tito batem Anderson Silva com os maiores salários do UFC 148

Griffin (esq.) e Oritz (dir.) tiveram os maiores salários do UFC 148

Anderson Silva foi a maior estrela do UFC 148, evento realizado no último sábado (07), em Las Vegas. Depois de nocautear Chael Sonnen no segundo round, o brasileiro defendeu pela 10ª vez o cinturão dos pesos médios e se estabeleceu como um dos maiores lutadores da história.

Mas apesar da impressionante performance de Anderson, o maior salário do UFC 148 foi para outro lutador. O norte-americano Forrest Griffin, que derrotou Tito Ortiz na segunda luta mais importante da noite, faturou US$ 275 mil, cerca de R$ 558 mil. Já Ortiz, que  fazia sua última luta como profissional, mesmo derrotado por Forrest, também embolsou um salário maior que o de Anderson. O mais novo membro do “Hall da Fama” do UFC recebeu US$ 250 mil, cerca de R$ 508 mil, pela apresentação.

Com isso, Anderson teve apenas o terceiro maior salário do UFC 148, recebendo US$ 200 mil pela apresentação, cerca de R$ 406 mil.

Confira abaixo a lista completa dos salários do UFC 148: 

Anderson Silva: US$ 200 mil (sem bônus pela vitória)
Chael Sonnen: US$ 50 mil
Silva derrotou Sonnen por nocaute técnico no R2;

Forrest Griffin: US$ 275 mil (US$ 125 mil pela apresentação, US$ 150 mil de bônus pela vitória)
Tito Ortiz: US$ 250 mil
Griffin derrotou Ortiz na decisão unânime dos juízes

Cung Le: US$ 150 mil (sem bônus pela vitória)
Patrick Cote: US$ 21 mil
Le derrotou Cote na decisão unânime dos juízes

Demian Maia: US$ 96 mil (US$ 48 mil pela apresentação, US$ 48 mil de bônus pela vitória)
Dong Hyun Kim: US$ 44 mil
Maia derrotou Kim por nocaute técnico no R1;

Mike Easton: US$ 20 mil (US$ 10 mil pela apresentação, US$ 10 mil de bônus pela vitória)
Ivan Menjivar: US$ 13 mil
Easton derrotou Menjivar na decisão unânime dos juízes

Chad Mendes: US$ 36 mil (US$ 18 mil pela apresentação, US$ 18 mil de bônus pela vitória)
Cody McKenzie: US$ 10 mil
Mendes derrotou McKenzie por nocaute técnico no R1;

Habib Nurmagomedov: US$ 20 mil (US$ 10 mil pela apresentação, US$ 10 mil de bônus pela vitória)
Gleison Tibau: US$ 31 mil
Nurmagomedov derrotou Tibau na decisão unânime dos juízes

Constantinos Philippou: US$ 32 mil (US$ 16 mil pela apresentação, US$ 16 mil de bônus pela vitória)
Riki Fukuda: US$ 28 mil
Philippou derrotou Fukuda na decisão unânime dos juízes

Melvin Guillard: US$ 72 mil (US$ 36 mil pela apresentação, US$ 36 mil de bônus pela vitória)
Fabricio Camoes: US$ 8 mil
Guillard derrotou Camoes na decisão unânime dos juízes

Rafaello Oliveira: US$ 20 mil (US$ 10 mil pela apresentação, US$ 10 mil de bônus pela vitória)
Yoislandy Izquierdo: US$ 6 mil
Oliveira derrotou Izquierdo na decisão unânime dos juízes

Shane Roller: US$ 46 mil (US$ 23 mil pela apresentação, US$ 23 mil de bônus pela vitória)
John Alessio: US$ 10 mil
Roller derrotou Alessio na decisão unânime dos juízes

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário