Técnico de Chael Sonnen tentará anular vitória de Anderson Silva por joelhada ilegal

O combate entre Anderson Silva e Chael Sonnen, realizado na noite do último sábado (07), ainda gera o que falar, e apesar do nocaute contundente de Spider,  a luta pode ter seu resultado alterado.

Anderson aplica joelhada em Sonnen

Depois de Sonnen dizer, na coletiva de imprensa após o evento, que não se importava sobre a legalidade da joelhada aplicada por Anderson – golpe que mudou os rumos do combate – o técnico do norte-americano descorda da opinião de seu aluno.

LEIAGriffin e Tito batem Anderson com os maiores salários do UFC 148

Scott McQuarry declarou, nesta segunda-feira (09), em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, que vai entrar com um recurso na Comissão Atlética de Nevada, entidade que sancionou o combate, para tentar anular a vitória conquistada por Anderson.

“Obviamente, ele (Anderson) cometeu pequenas infrações como pegar no calção e lubrificar o corpo (com vaselina tirada do rosto de Anderson). Mas o joelho no rosto… Eu vi o golpe a partir de vários ângulos. Posso ver onde bateu no rosto. Ela (a joelhada) deslisou para baixo contra o peito”, disse McQuarry, que deseja que o duelo tenha o resultado alterado. “Isso deve ser considerado um ‘No Contest (luta sem resultado)”, completou.

MAISGlobo atinge audiência expressiva com reprise de Anderson x Sonnen

O treinador disse que entrará com o processo o mais rápido possível para tentar a anulação do resultado e ainda criticou duramente Dana White, presidente do UFC, que deu o bônus de melhor nocaute  do UFC 148 para o brasileiro.

VEJACampeão do Strkeforce diz que vitória de Anderson “foi suja”

Para mim, (a joelhada) foi extremamente grosseira, foi ignorada pelo árbitro e por todos os outros, varrida para debaixo do tapete. E para adicionar insulto à injúria, (o presidente do UFC) Dana White ainda deu o bônus de nocaute da noite a Anderson. Quero agilizar isso. Eu sou normalmente muito calmo sobre esses tipos de coisas, mas, quando vejo uma injustiça que chega a esse extremo e há tanta coisa em jogo, sinto-me obrigado a dizer alguma coisa. Onde isso vai, eu não sei. Para mim, o melhor cenário é a luta ser declarada “no contest” e poderíamos ter uma revanche

Entenda a regra
De acordo com as regras unificadas do MMA, um lutador não pode acertar joelhadas ou chutes no rosto de um adversário que estiver sentado, deitado ou com pelo menos três apoios no chão.

No momento em que Anderson desferiu o golpe, Sonnen estava sentado, o que impossibilitava ser acertado no rosto. O golpe pegou em cheio no peito de Chael, mas parte da coxa do brasileiro atingiu o rosto do norte-americano, o que poderia ser considerado como ilegal. Mas o árbitro Yves Lavigne considerou o golpe legal e deixou o combate prosseguir, e logo depois Anderson encerrou o combate com uma série de socos no chão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário