Sonnen perdoa Anderson por ombrada e pede para brasileiro não ser multado

Depois de uma enorme rivalidade alimentada nos últimos anos, as desavenças entre Anderson Silva e Chael Sonnen parecem ter chegado ao fim.

Anderson aplica ombrada em Sonnen após a pesagem do UFC 148

Anderson deu o primeiro passo para selar a paz quando apertou a mão de Sonnen após o duelo, realizado na madrugada do último sábado (07), e convidou o rival para um churrasco em sua casa. Agora foi a vez de Chael perdoar o Spider pelo incidente acontecido no dia anterior.

LEIATécnico de Sonnen tentará anular vitória de Anderson

Sonnen foi o responsável por Anderson Silva não ser multado pela Comissão Atlética de Nevada, entidade que sancionou a luta, pela ombrada aplicada no rival durante a pesagem, na sexta-feira (06).

A informação foi confirmada pelo diretor executivo da Comissão, Keith Kizer, em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie.

“Eu conversei com Sonnen, que era a parte lesada, e perguntei qual era seu nível de indignação. E ele foi muito tolerante”, disse Kizer. “Sonnen disse que não tinha raiva de Anderson e que havia perdoado. Ele não tinha certeza se a ombrada foi premeditada e que não tinha problemas”, completou o diretor.

Kizer ainda afirmou que Sonnen pediu a ele para Anderson não ser multado pela Comissão Atlética. “Se você quer fazer uma pequena multa, tudo bem, mas por mim não seria feito qualquer tipo de multa”.

MAISGriffin e Tito batem Anderson com os maiores salários do UFC 148

Apesar de não ser multado, Anderson levou um puxão de orelha da Comissão, que ameaçou não sancionar mais lutas do brasileiro no estado, caso um novo ato como aquele se repita.

“Eu lhe disse que se fizesse fazer alguma coisa como aquela (ombrada) novamente, não vamos permitir que ele volte a lutar em Nevada”, estado onde se localiza Las Vegas, cidade onde o UFC realiza a maioria dos eventos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário