Velasquez critica Cigano: “Campeão não escolhe adversário”

Velasquez (foto) critica Cigano e pede por chance de disputar cinturão

O brasileiro Júnior Cigano revelou no início desta semana que gostaria de defender o cinturão dos pesos pesados do UFC contra Alistair Overeem (relembre aqui), conhecido desafeto do atleta tupiniquim, com quem troca várias provocações através da imprensa. Porém a declaração do brasileiro não agradou ao norte-americano Cain Velasquez, cotado como próximo desafiante ao título da categoria.

LEIAOvereem faz exame antidoping e provoca Cigano: “Estou indo até você”

Velasquez, que tem apenas uma derrota na carreira, justamente para Cigano, diz que a organização o garantiu como próximo adversário de Cigano: “O que me foi prometido, foi prometido. É assim que eu vejo isso. Eu definitivamente quero lutar contra Junior, então vou fazer que está ao meu alcance para tentar fazer essa luta acontecer. Vamos ver o que acontece. Teremos que falar com o Dana e ver qual a posição dele. A única coisa que posso fazer é tentar fazer a luta acontecer. Eu quero essa luta”, garantiu Velasquez em entrevista ao site MMA Fighting.

MAISOvereem faz exame antidoping e provoca Cigano: “Estou indo até você”

O norte-americano também não perdeu a oportunidade e desafiou Júnior, e disse que o campeão não deve escolher seus adversários.

“Sou o próximo da lista para disputar o cinturão. Tenho o maior respeito pelo Junior como pessoa e como lutador. Acho que ele representa muito bem o esporte. Mas, como campeão, se existe um desafiante número um, então você normalmente não tem que escolher contra quem vai lutar. Você simplesmente tem que enfrentar o desafiante número um. É assim que me sinto em relação a isso. Como campeão, você tem que enfrentar o próximo da lista, e não escolher seu adversário. Ele quer muito pegar o Overeem, mas vai ter que passar por mim primeiro”, encerrou Velasquez.

VEJACigano responde Overeem: “Não tenho medo de ninguém”

Apesar de toda a polêmica, Júnior Cigano ainda não ter adversário definido para defender seu cinturão. Entretanto, o brasileiro estará em ação ainda em 2012, no último evento do ano. O brasileiro estará em ação no UFC de Réveillon, dia 29 dezembro, em Las Vegas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário