Peso pesado do UFC é condenado a quase dois anos de prisão por agressão, na Austrália

Ben Sosoli é punido por incidente ocorrido em uma boate em Melbourne, onde trabalhava como segurança

B. Sosoli em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Representante dos pesados (até 120,2kg.) do UFC, Ben Sosoli está enfrentando um problema sério com a justiça australiana. O atleta foi condenado a 22 meses de prisão por agressão em um bar em Melbourne, onde o lutador trabalhava como segurança. A informação foi divulgada pela ‘Australian Associated Press’.

Veja Também

Vencedor de ‘Brian Ortega x Zumbi Coreano’ deve disputar o cinturão dos penas, diz Dana White
Treinador de Anderson Silva não acredita em aposentadoria de lenda e sugere revanche com Adesanya
Usman pede mais tempo para treinar e luta contra Durinho está fora do UFC 256, diz site

O incidente aconteceu em 2019, quando Sosoli teria tentado impedir a entrada de um homem no estabelecimento. Segundo a notícia, a vítima teria reagido até que, em um momento, foi atingida por um soco de Ben, que resultou em uma fratura de mandíbula. O advogado do peso pesado usou o argumento que o acusador estava embriagado e ameaçava esfaquear os seguranças.

De acordo com as informações, o atleta se declarou culpado e deverá cumprir 11 meses de prisão até que possa ter direito à liberdade condicional. A pena aplicada a Sosoli, segundo o juiz do caso, Gavan Meredith, se faz justa por se tratar de um lutador profissional totalmente consciente das consequências de um golpe.

Ben ingressou no UFC em 2019, na luta contra Greg Hardy. Descoberto pelo ‘Dana White’s Contender Series’, o australiano, em um primeiro momento, havia perdido na estreia, mas teve o resultado revertido depois que o rival fez uso de uma bombinha de asma no intervalo de um dos rounds.

Na segunda apresentação, Sosoli acabou sofrendo sua primeira derrota oficial. Na ocasião, o combatente foi batido por nocaute pelo brasileiro Marcos Pezão, em fevereiro deste ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments