Com duelos eletrizantes, Elias Silvério brilha e vence luta principal do Jungle Fight 46

Velocidade foi a palavra-chave da 46ª edição do Jungle Fight, evento  que aconteceu nesta quinta-feira (13), em São Paulo. Dos sete confrontos totais, quatro não passaram do primeiro round e os outros três terminaram no assalto seguinte. Quem também não perdeu tempo foi o atleta Elias Silvério, que precisou de menos de 30 segundos para derrotar Julio Rafael Rodrigues na luta principal da noite. Foi a terceira vitória seguida de Elias no Jungle, o que possivelmente credencia o paulista por uma disputa de cinturão na categoria dos meio-médios (até 77 kg).

Elias Silverio comemora vitória no Jungle Fight 46

Abrindo o programa de lutas, Reginaldo Vieira fez muito bem o dever de casa contra Luciano ‘’Boinha’’.  Logo no início, Reginaldo conseguiu uma bonita queda e depois de uma tentativa frustrada de triangulo invertido, encaixou uma guilhotina, que obrigou seu adversário a bater. No segundo confronto, Adson ‘’Preguiça’’ começou com muita intensidade na trocação e acertou um golpe bem duro em seu oponente, Thiago Passos, que sentiu e caiu, tendo que ficar por baixo na luta de solo. Thiago ainda conseguiu inverter a posição, ficando por cima durante um tempo, mas acabou sendo imobilizado por Preguiça. Em seguida, Lucas Melo Martins conseguiu levar o ginásio abaixo no duelo contra Oberdan ‘’Pezão ‘’. Depois de levar desvantagem no primeiro assalto, tendo sua guarda furada inúmeras vezes por golpes de Pezão, no segundo round, ele conseguiu um daqueles nocautes que ficará guardado na memória de todos espectadores. Fingiu que ia chutar com a perna direita, dando uma meia pedalada, e disparou a perna esquerda com muita velocidade bem em cheio no rosto de Pezão, que desmoronou, encerrando ali mesmo o combate.

Na sequência, foi a vez de Jorge’’Michelan’’ dar uma aula de chão frente ao lutador Erick Becker. Já iniciou a luta tentando colocar para baixo, mas parou na boa defesa de queda de Erick, que caiu por cima. Mesmo por baixo, Michelan começou a colocar em prática todo seu repertório de golpes e habilidade no jiu-jitsu. Depois de quase finalizar inúmeras vezes e de diversas formas, finalmente conseguiu catar a perna de seu adversário, que dessa vez não resistiu e bateu. No quinto combate, Warley Alves representou o Brasil no único duelo internacional da competição contra o boliviano Bazan Rojas. O primeiro round foi bem equilibrado. Bazan começou tentando colocar para baixo e Warley aproveitou para encaixar uma guilhotina, porém sem sucesso. Depois, os dois alternaram posições e momentos de vantagem até o término do primeiro assalto. No round seguinte, Warley rapidamente aplicou uma queda em seu oponente e finalizou com um katagatame.

No penúltimo embate, Alexandre Capitão e Sérgio Soares fizeram uma luta praticamente inteira no chão. Capitão logo colocou Sérgio para baixo e aos poucos foi tentando impor seu jogo de solo, que foi muito bem defendido por Sérgio no primeiro assalto. No segundo round, novamente, Capitão aplicou uma queda, mas dessa vez conseguiu achar uma brecha para encaixar um mata-leão em Sérgio, que não teve outra opção senão bater. Na luta principal da noite, Elias Silvério não deu a mínima chance para Julio Rafael Rodrigues e terminou o combate em apenas 27 segundos. Ele já começou indo para cima a todo vapor, combinando joelhadas e socos, que entraram em cheio em seu oponente, obrigando a interrupção do árbitro principal.

Confira abaixo o card completo do Jungle Fight 46:

Elias Silvério venceu Julio Rodrigues por nocaute com 0:27 min do primeiro round

Alexandre ‘’Capitão’’ venceu Sérgio Soares por finalização com 1:48 min do segundo round

Warley Alves venceu Bazan Rojas por finalização com 0:48 min do segundo round

Jorge ‘’Michelan’’ venceu Erick Becker por finalização com 4:37 min do primeiro round

Lucas Melo Martins venceu Oberdan ‘’Pezão’’ por nocaute com 3:03 do segundo round

Adson ‘’Preguiça’’ venceu Thiago Passos por finalização com 4:28 do primeiro round

Reginaldo Vieira venceu Luciano ’’ Boinha’’ Aparecido Lopes por finalização com 2:58 min do primeiro round

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments