Dana explica dispensa de Yoel Romero e promete mais 60 demissões no UFC ainda em 2020 | SUPER LUTAS

Dana explica dispensa de Yoel Romero e promete mais 60 demissões no UFC ainda em 2020

Presidente do UFC se apoia no retrospecto recente do cubano para justificar corte; cerca de 60 lutadores serão liberados até o fim de 2020

D. White em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube

A notícia de que Yoel Romero não faz mais parte do grupo de lutadores do Ultimate pegou algumas pessoas de surpresa, mas a informação, ao que tudo indica, foi bem pensada pelo presidente da empresa, Dana White. Em coletiva após o UFC Las Vegas 16, realizado no último sábado (5), o ‘chefão’ explicou a demissão do cubano e prometeu mais cortes até o fim de 2020.

Veja Também

“Não é só o Yoel (Romero). Nós vamos passar por alguns cortes severos aqui até o final do ano. Provavelmente serão 60 cortes. Yoel perdeu quatro das últimas cinco lutas. Ele tem 44 (43) anos. Nosso grupo está muito inflado, no momento. Vamos ter alguns cortes antes do fim do ano”, afirmou o mandatário.

Mesmo com mais de 40 anos e com o retrospecto recente negativo, Romero seguia como um dos nomes mais temidos na divisão dos médios (até 83,9kg.). do Ultimate. A última luta do cubano aconteceu justamente na disputa do cinturão da categoria contra Israel Adesanya. Na ocasião, no entanto, o desafiante foi duramente criticado por fãs, membros da imprensa e pelo próprio Dana White, dada a falta de combatividade promovida pelo cubano.

Ao longo de 11 anos de carreira, Romero se apresentou 18 vezes como profissional no MMA. O veterano venceu 13 confrontos e perdeu em cinco ocasiões. Com as luvas do Ultimate, Yoel fez 13 embates, triunfando em oito oportunidades.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments