Derrick Lewis brinca com possibilidade de título no UFC: 'Não combina na mesma frase' | SUPER LUTAS

Derrick Lewis brinca com possibilidade de título no UFC: ‘Não combina na mesma frase’

Um dos protagonistas do espetáculo deste sábado, ‘gigante’ fala sobre chance de chegar ao topo absoluto do peso pesado

D. Lewis segue buscando um título pelo Ultimate. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos protagonistas do UFC Las Vegas 19, que acontece neste sábado (20), nos Estados Unidos, Derrick Lewis pode dar um passo importante rumo a uma nova disputa de cinturão da categoria. Adversário de Curtis Blaydes na luta principal do espetáculo, o ‘gigante’ precisa vencer para se aproximar de uma nova disputa de cinturão. Perto do sonho, o combatente falou com bom-humor sobre a possibilidade da conquista.

Veja Também

“Seria loucura, muita loucura para um cara como eu. Passar por tudo que eu passei e se tornar o campeão do UFC. Campeão mundial dos pesos pesados. É loucura até colocar na mesma frase com meu nome: ‘Derrick Lewis, campeão mundial dos pesos pesados”, brincou o atleta, em entrevista pelo ‘media day’.

Mesmo com a modéstia em dia, Lewis tem feito bonito em seus últimos compromissos dentro do octógono. Com três vitórias consecutivas, e, atualmente na quarta posição no grupo, o combatente avaliou parte de sua trajetória no Ultimate.

“É uma sensação estranha até ser anunciado que eu tenho o maior número de nocautes, comparado aos milhares de outros lutadores que lutaram aqui antes de mim e todos os nocauteadores que eles (UFC) têm. É loucura ser o número um, agora. A forma como avancei no esporte, não levando muito a sério. Chegar tão longe na carreira”, finalizou.

Aos 36 anos, Derrick é representante do UFC desde 2014. Pela organização, o atleta soma, até o momento, 20 compromissos, com 15 triunfos e cinco derrotas.

Desafiante ao cinturão da divisão em 2018, o lutador pode estar próximo de ter mais uma oportunidade de levar o cinturão para casa. No UFC 230, o combatente acabou perdendo a oportunidade quando foi superado pelo então campeão, Daniel Cormier.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments