O crescimento do pôquer e do MMA | SUPER LUTAS

O crescimento do pôquer e do MMA

Esporte de combate e jogo de cartas tem praticantes em comum e muitos fãs ao redor do mundo

O crescimento do pôquer e do MMA. Foto: Reprodução

As artes marciais mistas são uma modalidade de esporte que inclui tanto golpes de combate em pé quanto técnicas de luta no chão. A característica predominante do MMA é a possibilidade de utilização de uma grande variedade de técnicas permitidas de artes marciais, além de técnicas de grappling e de finalizações.

O pôquer é um jogo de cartas jogado por duas ou mais pessoas muito comum em cassinos. É considerado o jogo de cartas mais popular do mundo. Para jogar pôquer é preciso aprender as regras e procedimentos básicos do jogo, os valores das várias combinações de cartas e as regras sobre as apostas e seus limites.

Ambas as modalidades esportivas vêm crescendo e contagiando o Brasil e a propagação delas só aumentam o número de praticantes e interessados.

Bruce Buffer, a voz oficial do MMA e também apaixonado por pôquer, diz que é possível traçar um paralelo entre as duas modalidades esportivas:

“Mentalmente falando, o pôquer é muito similar à vida, ao universo das lutas. Na vida, você tem de saber quando precisa ser defensivo e quando precisa ser ofensivo. Na luta, você está lá para tentar derrubar alguém ou ser derrubado. É a mesma coisa de você colocar todas as suas fichas em jogo e testar os jogadores ao seu redor. Certo? O pôquer te ensina como ser competitivo, como lidar com as perdas e se levantar, e como buscar as vitórias”.

Akkari é um dos jogadores de pôquer mais famosos do Brasil e é o novo atleta agenciado pela 9ine, a mesma agência que gerencia a carreira do lutador Anderson Silva. Akkari anunciou no ano passado uma parceria exclusiva com o UFC. No começo de março, foi lançado o Spin & Go UFC, torneios de pôquer de alta velocidade, com três jogadores e premiações vultosas.

Akkari diz que várias lições aprendidas jogando pôquer são aplicáveis ao cotidiano e, igualmente, podem ensinar muito aos lutadores de MMA. Em entrevista ao site do UFC ele conta quais são elas:

  • Você aprende a jogar de dentro da cabeça do seu adversário: “Trabalhar as suas forças e habilidades é importante, mas mais importante ainda é você entender como seu adversário enxerga você.”

 

  • Estatísticas são importantes: “Tudo no esporte é determinado pela matemática. No pôquer, a exatidão é crucial para se ter uma grande performance, Somente através de estatísticas você consegue obter vantagens inimagináveis.”

 

  • Cuidado com o excesso de agressividade: “Não adianta deixar a emoção comandar quando se aflora a agressividade. Potência sem estratégia é burrice.”

 

  • Paciência e resiliência formam campeões: “Paciência gera oportunidade. Sempre existe uma decisão ótima e estratégica a ser tomada, em todos os setores da vida.”

O pôquer vem crescendo impulsionado pela competitividade, diversão, adrenalina e pela possibilidade de ganhar dinheiro em torneios físicos e, principalmente,  online.

Segundo dados da CBTH (Confederação Brasileira de Texas Hold’em), já são 7 milhões de praticantes brasileiros no jogo. O número é superior aos registrados em 2012 e 2013, respectivamente 4 milhões e 5 milhões de jogadores. Ou seja, o crescimento é de aproximadamente 1 milhão por ano.

O pôquer online também acompanha esse crescimento. De acordo com pesquisa realizada pela consultoria Poker Industry Pro, o tráfego online de pôquer cresceu mais de 150% desde o início do ano passado e o número de competidores ultrapassou 150 milhões no mundo todo.

Ficou interessado em começar a jogar pôquer ou se aprimorar? Jogue na GGPoker. GGPoker é um dos maiores e mais populares sites de pôquer em todo o mundo. Ele oferece diversas inovações e foca no jogo recreacional.

Você pode jogar tanto pelo seu computador, quanto pelo seu smartphone baixando o app diretamente no site da GGPoker.

Assim como o pôquer, o MMA vem crescendo vertiginosamente no Brasil. Uma pesquisa da consultoria Deloitte chamada “Muito Além do Futebol – Estudo sobre esportes no Brasil”, divulgada em setembro de 2011, afirma que as artes marciais irão crescer 16% no país nos próximos anos. Nem mesmo futebol, vôlei, basquete e o ascendente futebol americano possuem a mesma expectativa de crescimento como o MMA.

A TV ajudou diretamente na popularização do esporte. Desde agosto de 2011, quando ocorreu a primeira transmissão no Brasil pela TV aberta do UFC, principal organização de MMA no mundo.

De lá pra cá o esporte se popularizou, as academias tiveram um aumento de 30% de alunos buscando artes marciais em poucos meses. Sem dúvidas, está vivendo o seu ápice de popularidade no Brasil.

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments